Connect with us

Esporte

Conmebol volta a reduzir pena de Rodolfo, e goleiro do Fluminense já pode voltar a jogar após doping

Publicado

on

Rodolfo está liberado para voltar a jogar após o caso de doping em 2019. Depois de um ano e sete meses de suspensão, o goleiro do Fluminense teve um recurso aceito pela Comissão Disciplinar da Conmebol, que em julgamento voltou a reduzir a pena e liberou o jogador com base nas novas determinações da Agência Mundial Antidoping (WADA-AMA) para 2021. A informação foi divulgada pelo jornal “O Globo” e confirmada pelo ge.

Rodolfo tem contrato com o Fluminense até o fim de 2021 — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Rodolfo tem contrato com o Fluminense até o fim de 2021 — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Rodolfo testou positivo para a substância benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína e proibida no regulamento de doping, no dia 23 de maio de 2019, depois da vitória por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional de Medellín, da Colômbia, pela Copa Sul-Americana – o goleiro estava na reserva na ocasião. Na época, ele foi suspenso por três anos pela Comissão Disciplinar da Conmebol.

Em maio do ano passado, a defesa de Rodolfo entrou com recurso na câmara de apelação da Conmebol e conseguiu a redução da pena em um ano, o liberando para treinos e jogos a partir de 23 de março de 2021. Além disso, a decisão revogou a multa de US$ 20 mil e anulou a obrigação do jogador de se submeter a controles mensais de dopagem.

Conmebol aceita diminuir a pena de Rodolfo, goleiro do Fluminense — Foto: Reprodução

Conmebol aceita diminuir a pena de Rodolfo, goleiro do Fluminense — Foto: Reprodução

Em agosto de 2020, Rodolfo também moveu recurso no Tribunal Arbitral Desportivo (TAS), que julgou em dezembro e negou a solicitação, mantendo a decisão da Conmebol. Porém, a história mudou com as novas regras da Agência Mundial Antidoping, que começaram a valer desde 1º de janeiro. Três dias depois, a defesa do goleiro entrou com novo recurso que foi aceito na última quarta-feira. Nos próximos 21 dias ainda caberá recurso por parte do tribunal.

Aos 29 anos, Rodolfo tem contrato até 31 de dezembro de 2021. O Fluminense ainda não informou se o goleiro será reintegrado ao elenco. Para a posição, o clube hoje conta com Marcos Felipe, que vem sendo o titular da equipe, Muriel, atualmente na reserva, e João Lopes, que vem jogando pelo time sub-23 no Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Ge
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp