Connect with us

Esporte

Má fase do Cruzeiro faz torcedor viralizar em desabafo sobre dívida com babalorixá: “Eu pago ele”

Publicado

on

Clube contratou serviços de “pai de santo” no ano passado, em jogos finais do Brasileiro, mas não quitou parte do valor combinado: “Se for caro demais, eu faço uma vaquinha online”

 

A fase do Cruzeiro não é nada boa. O time venceu apenas um dos últimos oito jogos, está próximo à zona de rebaixamento da Série B e vê cada vez mais distante o sonho de retornar à elite. Em meio a esse momento caótico, já tem quem esteja “apelando”, colocando a culpa até na relação com entidades religiosas. A gente explica.

No ano passado, já vivendo uma situação desesperadora no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro contratou os serviços religiosos do babalorixá Reginaldo Muller Pádua, entre outubro e novembro. Acontece que R$ 4 mil dos R$ 10 mil acordados não foram pagos.

Em um áudio que está viralizando nas redes sociais, um torcedor pede o contato de Reginaldo para fazer o pagamento da dívida, se dispondo a abrir mão da cerveja e do churrasco e até mesmo a fazer uma “vaquinha” online para arrecadar o valor.

“Alguém tem o contato desse pai de santo que o Cruzeiro está devendo, aí? Eu não dou conta mais. Eu pago ele. Eu pago! Eu fico sem beber cerveja, sem comer churrasco…”

 

– Se for caro demais da conta, eu faço uma “vaquinha” online e pago ele. Tem que pagar essa d***.

Campo de treinamento na Toca da Raposa   — Foto: Vinnicius Silva

Campo de treinamento na Toca da Raposa — Foto: Vinnicius Silva

Em 2020, o torcedor do Cruzeiro praticamente não teve paz. Em total reestruturação por conta do rebaixamento, o time sequer se classificou para as semifinais do Campeonato Mineiro, foi eliminado pelo CRB na Terceira Fase da Copa do Brasil, além de ser o 16º colocado da Série B. Vale lembrar, no entanto, que o time foi punido pela Fifa por conta de uma dívida e começou a competição nacional com seis pontos negativos.

Ge

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp