Connect with us

Esporte

Reforço do Cruzeiro, Giovanni teve respaldo de Enderson no América-MG e Fluminense; veja números

Publicado

on

Erro zero. É nisso que a atuação do Cruzeiro em busca de contratações está baseada. Com situação financeira complicada, a diretoria tem que ser certeira nos “botes” no mercado. Até por isso, tem apostado em jogadores já conhecidos do técnico Enderson Moreira. É o caso, por exemplo, do lateral-esquerdo Giovanni, que assinou contrato até o fim de 2021.

O jogador de 31 anos estava no Bahia, com quem antecipou a rescisão para assinar com o Cruzeiro. E a familiaridade com o estilo de Enderson pesou no acerto, tanto para o jogador quanto para o clube. Os dois trabalharão juntos pela terceira vez. E o ge conta como foi a trajetória do lateral nas duas outras oportunidades em que trabalhou com Enderson.

O primeiro trabalho da dupla foi há cinco anos, no Fluminense. Enderson assumiu o time em maio de 2015, justamente para substituir Ricardo Drubscky, atual diretor de futebol da Raposa. Giovanni já era titular desde o início do ano, condição que manteve com Enderson.

Enderson Moreira; Giovanni; América-MG — Foto: Mourão Panda / América

Enderson Moreira; Giovanni; América-MG — Foto: Mourão Panda / América

Da estreia do atual comandante cruzeirense até uma grave lesão sofrida por Giovanni no joelho, dois meses depois, passaram-se 12 jogos, dos quais o lateral foi titular em dez, sendo que estava suspenso em uma das ausências. Quando o jogador deixou o departamento médico, Enderson havia sido demitido.

O reencontro aconteceu dois anos depois, quando o América-MG, com o aval de Enderson, buscou Giovanni no Náutico para a disputa da Série B. No começo, Pará e Ernandes eram usados pela esquerda, e Giovanni só foi ganhar a primeira oportunidade na 15ª rodada. Assumiu a titularidade ali, e só saiu do time por lesão. Disputou 17 jogos e marcou gols importantes na reta final, ajudando o time a conquistar o bicampeonato da competição. Um deles garantiu o acesso, contra o Figueirense (veja abaixo).

América-MG vence o Figueirense e garante acesso para Série A
América-MG vence o Figueirense e garante acesso para Série A

Giovanni renovou com o América para a Série A e, novamente, seguiu como homem de confiança de Enderson Moreira. Durante o Mineiro, ficou fora de quatro partidas (duas por edema muscular e outras duas porque foi poupado). Também por lesão, perdeu as quatro primeiras rodadas do Brasileirão, retomando prontamente a titularidade quando voltou. Condição mantida até a 12ª rodada, jogo em que Giovanni cumpriu suspensão e que marcou a despedida do treinador. Enderson saiu do Coelho para o Bahia.

Mesmo com três jogadores à disposição na lateral esquerda, Enderson quis a contratação de Giovanni, o que indica que ele chega ao Cruzeiro com status de titular. Os concorrentes são João Lucas, Marcelo Hermes e Patrick Brey.

Ge
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp