Connect with us

agronegócios

Café inicia sessão desta 3ª feira com altas técnicas em NY; Março/20 é cotado a 100,70 cents/lbp

Publicado

on

Às 8h44 (horário de Brasília) março/20 registrava alta de 40 pontos, cotado a 100,70 cents/lbp, maio/20 subia 60 pontos, valendo 102,70 cents/lbp, julho/20 subia 55 pontos, negociado a 104,80 cents/lbp e setembro/20 tinha valorização de 60 pontos, sendo negociado por 106,85 cents/lbp.

Com altas da segunda-feira (10), Nova York rompe a barreira dos 100 cents/lbp. Durante toda a semana passada o contrato de referência março/20 foi negociado abaixo deste valor, deixando todo o setor cafeeiro preocupado com os preços tão abaixo do que era esperado. As movimentações, apesar de mais altas, também são consideradas movimentações de recuperação pelo mercado.

Mais uma vez, as previsões de chuvas para as regiões produtoras no Brasil chamaram atenção de operadores em Nova York. “O café arábica também estava sob pressão nas notícias de segunda-feira sobre as amplas chuvas no Brasil, que devem aumentar a produção e a produção de café. A Somar Meteorologia informou na segunda-feira que as chuvas em Minas Gerais, a maior região produtora de café arábica do Brasil, mediram 102,8 mm na semana passada, ou 248% da média histórica”, destacou o site internacional Barchart em sua análise diária.

Na segunda-feira o mercado interno acompanhou o exterior variações nas principais praças produtoras do país.

O tipo 6 duro teve alta de 2,15% em Guaxupé/MG, estabelecendo os valores por R$ 475,00. Patrocínio/MG teve alta de 1,08%, por R$ 470,00. Varginha/MG registrou alta de 1,04%, cotado a R$ 485,00. Espírito Santo do Pinhal/SP teve a alta mais expressiva, com valorização de 4,35%, cotado a R$ 480,00. Franca/SP registrou alta de 2,17%, valendo R$ 470,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 456,00. assim como Araguarí/MG que manteve a estabilidade por R$ 470,00.

O tipo 4/5 registrou alta de 2,13%, estabelecendo os preços por R$ 480,00. Varginha/MG registrou alta de 1,03%, cotado por R$ 490,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 466,00.

O tipo cereja descascado subiu 0,99% em Guaxupé/MG, cotado a R$ 510,00. Varginha/MG subiu 4%, valendo R$ 520,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 522,00, assim como Patrocínio/MG que não registrou variações, mantendo o valor de R$ 52,00.

Fonte: Notícias Agrícolas

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp