Connect with us

agronegócios

VALE DO ANARI: DEMONSTRAÇÃO DE MÉTODOS INCENTIVA PRODUÇÃO DE SILAGEM

Publicado

on

Com o objetivo de incentivar os produtores rurais a inserir inovações tecnológicas em suas propriedades, a Emater-RO promoveu, na última semana (23) no município de Vale do Anari, uma demonstração de método sobre a prática de ensilagem de milho. A metodologia, muito utilizada na extensão rural, foi realizada na propriedade do produtor rural Valdomiro Pereira dos Reis, localizada na Linha MA 04, km 10, lotes 692 e 705, Núcleo São Marcos daquela região.

Segundo informações obtidas pelos técnicos da Emater-RO do escritório de Vale do Anari, desde junho do ano passado eles vêm desenvolvendo um planejamento estratégico de trabalho, com intuito de mostrar para os produtores rurais a importância e a viabilidade do uso de capineira, silagem e manejo de pastagens para o trato do rebanho no período seco.

O produtor rural escolhido para apresentar os resultados de sua propriedade tem se destacando na região pelas suas inovações e visões tecnológicas utilizadas e pela na sua gestão produtiva. A propriedade dele é altamente sustentável, fruto da diversificação de atividades de culturas tais como: café clonal, pimenta do reino, bovinocultura leiteira e de corte, além do plantio de milho.

Valdomiro é um produtor rural beneficiado pela linha de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Toda a estrutura construída em sua propriedade foi através dos projetos elaborados pelos técnicos do escritório local da Emater-RO de Vale do Anari.

Comprometido com o melhoramento genético do seu rebanho, o produtor já possui 25 animais registrados da raça Girolando e esses animais precisam receber uma alimentação diferenciada, de qualidade, principalmente no período de estiagem, e para isso ele vem utilizando a silagem como complemento alimentar para o rebanho.

O produtor rural já iniciou este ano plantando 12 hectares de milho para a produção da silagem, estimando a produção de 480 toneladas para suplementar a alimentação de 30 a 35 vacas no período da estiagem. Vale ressaltar que hoje o produtor está com 17 vacas em lactação, produzindo uma média de 160 litros de leite/dia e já estima que, no período do verão a quantidade de animais em lactação pode passar de 35 vacas.

Para estabelecer esses dados o produtor trabalha com um cronograma de inseminação, fazendo com que seus animais comessem a criar a partir de abril. Essa é uma estratégia que o produtor vem utilizando e vem dando resultado, pois a media de animais chega a 10 litros/dia de produção com a realização de duas ordenhas neste período.

Durante a demonstração de métodos diversos produtores da região tiveram a oportunidade de conhecer e aprender as técnicas aplicadas na propriedade, bem como a importância da utilização da silagem na alimentação do rebanho.

A Noticia Agora

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp