EsporteFutebol 2020

Cercado de incertezas no futebol, Cruzeiro é um dos poucos da Série B que ainda não contratou

Apenas Paraná e Cuiabá ainda não fecharam contratações, sendo que clube mato-grossense anunciará nomes no dia 24 de dezembro

Faltando pouco mais de duas semanas para iniciar os trabalhos na Toca da Raposa para a disputa da temporada de 2020, o Cruzeiro vive um cenário político extremamente conturbado. Em meio à renúncia do presidente e dos dois vices, um conselho gestor assumirá provisoriamente o comando do clube e é natural que os integrantes deste conselho coloquem pessoas da confiança deles à frente do futebol.

Com isso, a saída de Márcio Rodrigues da gestão do futebol é iminente. Ele está no cargo há dez dias e é o responsável do clube pelas movimentações no mercado. Essas diversas mudanças não ajudam em nada no planejamento para o próximo ano. O Cruzeiro não acertou a contratação de um jogador sequer, e ainda há o temor de uma debandada no elenco, em função dos problemas financeiros. Thiago Neves (que já era carta fora do baralho) e Fabrício Bruno entraram na Justiça do Trabalho para conseguirem a rescisão unilateral.

E essa falta de movimentação efetiva do Cruzeiro no mercado é grave. Dos outros 19 times que disputarão a Série B no ano que vem, apenas o Paraná e o Cuiabá ainda não fizeram contratações, sendo que o clube mato-grossense deve anunciar alguns nomes no próximo dia 24, como informou ao GloboEsporte.com o presidente Alessandro Dresch.

Ramon é uma das novidades do Sampaio para 2020 — Foto: Lucas Almeida / Sampaio Corrêa

Ramon é uma das novidades do Sampaio para 2020 — Foto: Lucas Almeida / Sampaio Corrêa

Quem mais contratou, até o momento, foi o Sampaio Corrêa, que conseguiu o acesso da Série C este ano. No total, foram 14 nomes anunciados pelos maranhenses. Botafogo-SP, Brasil-RS e Chapecoense concretizaram movimentações de mercado apenas no comando técnico.

Apesar das mudanças frequentes no departamento de futebol, o Cruzeiro acertou a renovação com o técnico Adilson Batista, que assinou contrato até o fim do ano que vem. A aposta no treinador, que vem de trabalhos recentes ruins, está voltada para a identificação que ele tem com o clube, onde jogou na década de 1990 e foi técnico entre 2008 e 2010.

Ge
Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp