DestaqueSaúde

CAMPANHA PARA PREVENIR E DIAGNOSTICAR HIV E AIDS É LANÇADA EM RO

A programação da campanha contará também com a ajuda dos servidores estaduais que oferecem, no ambulatório do Palácio Rio Madeira, testes rápidos e orientações sobre a necessidade de prevenção, bem como tratamento adequado para resultados positivos.

Em alusão ao Dia Mundial de Combate à Aids, lembrado em 1º de dezembro, a campanha de prevenção ao HIV/Aids, além de outras doenças sexualmente transmissíveis, foi lançada nesta quinta-feira (28) pelo governo de Rondônia na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), em Porto Velho.

Conforme a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), em 2019 foram registrados 655 novos casos de HIV/Aids em Rondônia, 217 menos casos notificados em relação ao ano passado. O vírus atinge principalmente pessoas do sexo masculino, autodeclaradas pardas, com ensino médio completo e faixa etária entre 20 a 29 anos.

Mais de 50 pessoas compareceram a sala de Centro de Testagens e Aconselhamento (CTA) na policlínica para testes de infecções sexualmente transmissíveis e conhecimento de redução de risco e vulnerabilidade.

A ação também contou com um stand de materiais preventivos e o lançamento do filme “IST 90 segundos”, além da encenação teatral sobre o tema com a transexual Renata Evans.

Segundo a diretora geral agevisa, Ana Flora Gerhardt, há seis regionais de saúde do Estado empenhadas no trabalho de conscientização, mas que precisam de dedicação total dos prefeitos na campanha.

A Agevisa enviou um comunicado aos municípios com apelo para que tanto prefeitos quanto secretários entrem em ação o mais rápido possível. “Só teremos êxito total na campanha, se eles se dedicarem bem, o mês inteiro, na reorganização dos CTAs”, destacou.

A programação da campanha para o mês de dezembro contará também com a ajuda dos servidores estaduais que oferecem, no ambulatório do Palácio Rio Madeira, testes rápidos e orientações sobre a necessidade de prevenção, bem como tratamento adequado para resultados positivos.

“O governador Marcos Rocha tem uma preocupação muito grande com essa questão de prevenção. Nós até repassamos aos órgãos públicos sobre decoração com iluminação na cor vermelha para dar mais visibilidade à campanha. É até interessante já que, com a proximidade do Natal, a decoração já tem inserida a cor no contexto natalino”, completou Ana Flora.

De acordo com Sirlei Barros, chefe do Núcleo de Saúde Ocupacional, da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (NSO/Seduc), a pasta também aderiu a campanha Dezembro Vermelho. Ela informou que o NSO trabalhará para conscientizar os servidores da Seduc sobre a prevenção das infecções sexualmente transmissíveis.

Machadinho Online

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp