DestaqueOPINIÃO JOGO ABERTO

Opinião Jogo Aberto – 08 de Novembro de 2019

Petrobras sai fortalecida do megaleilão. Era de ouro se aproxima.

E a frustração do megaleilão da Petrobras. Se esperava uma arrecadação de R$ 106 bilhões e rendeu R$ 70 bilhões. Mas tem o lado bom, fortaleceu a Petrobras, uma empresa brasileira.

A empresa ficou com dois lotes importantes e não desembolsou muito porque ela ia receber de qualquer maneira. A Petrobras tirou R$ 70 bilhões do bolso e recebeu R$ 35 bilhões. Os prefeitos, governadores e União que vão receber metade.

O que não se justifica é que gente da oposição tenha festejado essa arrecadação menor. A previsão do Morgan Stanley de que a Petrobras vai entrar em uma era de ouro está se confirmando depois desse leilão.

A indústria automobilística revelou que, em outubro, produziu 16,6% a mais de veiculos em relação a setembro. Foram 288 mil veículos. Esse é o lado bom. O lado ruim é que agora tem mais carros para os congestionamentos que fazem a gente perder tempo de vida, que é preciosíssimo.

No sábado (9) é o aniversário de 30 anos da queda do Muro de Berlim, do fracasso evidente da União Soviética, do socialismo e do marxismo. A Alemanha que era do lado socialista sofre os efeitos danosos, até hoje, dessa ideologia por ainda estar atrasado em relação a Alemanha Ocidental.

Por sua vez, na Rússia, os russos – que não são mais soviéticos – estão lançando uma série na televisão, de 18 capítulos, mostrando que Lênin, o fundador da União Soviética, era um sanguinário, louco e burguês. Ele criou campos de concentração, mandou matar dois milhões de fazendeiros, ou seja, era tão cruel quanto Stalin foi.

O ministro Gilmar Mendes deu o voto esperado. Ele é pelo trânsito em julgado e acha que antes disso o sujeito não é culpado e precisa esperar o juízo final para haver prisão. Mas por outro lado, ele bloqueou um costume que ele tinha de conceder habeas corpus.

Gilmar Mendes concedeu habeas corpus para o ex-governador do Rio Anthony Garotinho e a mulher dele essa semana. Mas não soltou um doleiro preso em julho. O doleiro dos doleiros, o pai de todos os doleiros, Dario Messer. Descobriu-se que esse doleiro movimentou 1,6 bilhão de dólares em 52 países, o que convertendo dá mais de R$ 5 bilhões. Isso era o que estava em jogo na corrupção. É incrível o tamanho da corrupção neste país. Quando se fala em Petrobras se fortalecendo, é se fortalecendo depois de ter sido roubada pelos corruptos políticos e de partidos políticos nas últimas décadas. Aparece gente do PSDB, MDB, PT e PP. Foram muitos envolvidos. Para ter esperança, se compara com o atual governo que comemorou recentemente 300 dias de governo e não se ouviu falar em denúncia de corrupção.”

Por Marco Aurélio

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp