Brasileirão 2019Esporte

De letra, cavadinha, fora da área… L! analisa os gols de Lucão pelo Goiás

Nesta terça-feira, o atacante Lucão será apresentado oficialmente como jogador do Fluminense. O contrato, válido até dezembro de 2020, foi assinado na última sexta-feira. No mesmo dia, o centroavante participou da primeira atividade com o elenco. Aos 27 anos, ele vai ter a sua grande oportunidade na carreira, disputando a Série A do Campeonato Brasileiro pela primeira vez.

Antes de chegar no Tricolor, Lucão defendeu sete clubes do Brasil. No exterior, passou por Japão, Portugal, Moldávia e Kuwait, onde esteve antes de acertar com o clube carioca. A contratação do atacante se justifica pelo que ele fez em 2018. Com a camisa do Goiás, marcou 21 gols em 45 partidas, se destacando principalmente na Série B, quando foi o vice-artilheiro com 16 gols, um a menos que Dagoberto, que defendia o Londrina.

O LANCE! checou todos os gols marcados por Lucão nesta temporada e constatou que se trata de um atacante matador e com faro de artilheiro. Em 14 oportunidades, precisou de apenas um toque na bola para balançar as redes. Dos 21 gols, nove foram feitos de dentro da pequena área, mostrando muito oportunismo.

No repertório também possui gols de chutes de longa distância. Dessa forma marcou três vezes. Lucão apresentou recursos de habilidade para marcar de letra, de cavadinha e até mesmo driblando o goleiro. No entanto, possui características de centroavante rompedor, aproveitando rebotes de goleiro e trombando com os zagueiros. Ao todo, fez 15 gols de pé direito, quatro de cabeça e dois de pé esquerdo.

Lucão não atua desde o dia 14 de maio e vinha mantendo a forma por conta própria desde junho. A tendência é de que o atacante precise de pelo menos duas semanas para alcançar a forma ideal. No entanto, é capaz de ser utilizado com menos tempo, tendo em vista que Pedro sofreu uma lesão muscular na coxa direita e só deve voltar a jogar no mês que vem.

Até o momento, Lucão não está regularizado, porém a expectativa é de que o nome do jogador possa constar no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, até o jogo de domingo, contra o CSA, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira como foram feitos os gols de Lucão, em 2018:

1º gol: Estadual – Aparecidense 1 x 2 Goiás – de cabeça, aproveitando uma cobrança de falta pela esquerda (grande área);

2º gol: Estadual – Goiás 1 x 0 Anápolis – de cabeça, em cruzamento pelo lado direito (grande área);

3º gol: Estadual – Goiás 1 x 0 Aparecidense – com o pé direito, driblando o goleiro (grande área);

4º gol: Estadual – Grêmio Anápolis 0 x 3 Goiás – de cabeça, aproveitando escanteio pela esquerda (pequena área);

5º gol: Estadual – Iporá 4 x 1 Goiás – de pé direito, toquinho por cima do goleiro (grande área);

6º e 7º gols: Série B – Atlético-GO 1 x 3 Goiás – de pé direito, rebote do goleiro em cruzemento pela esquerda (pequena área) / pé esquerdo, escorando passe pela esquerda (pequena área);

8º gol: Série B – Ponte Preta 2 x 1 Goiás – de pé esquerdo, rebote do goleiro em cobrança de escanteio (pequena área);

9º gol: Série B – Goiás 2 x 1 Paysandu – de pé direito, em chute forte de fora da área;

10º gol: Série B – Londrina 1 x 3 Goiás – de pé direito, finalizando de letra (dentro da área);

11º e 12º gols: Série B – Goiás 2 x 1 CRB – de pé direito, aproveitando um passe de peito do companheiro (dentro da área) / de pé direito, chute na saída do goleiro (dentro da área);

13º gol: Série B – Sampaio Corrêa 1 x 3 Goiás – de pé direito, chute de fora da área que a bola desvia no marcador e encobre o goleiro;

14º gol: Série B – Goiás 3 x 0 CSA – de pé direito, dando carrinho em um cruzamento pelo lado esquerdo (pequena área);

15º gol: Série B – Goiás 2 x 1 São Bento – de cabeça, em cruzamento pela esquerda (grande área);

16º gol: Série B – Guarani 0 x 2 Goiás – de pé direito, bola sobra após a própria finalização em cima do zagueiro (pequena área);

17º gol: Série B – Goiás 2 x 1 Atlético-GO – pé direito, bate rebate, com rebote do goleiro (pequena área);

18º gol: Série B – Paysandu 2 x 3 Goiás – de pé direito, golaço em chute de fora da área;

19º gol: Série B – Juventude 3 x 5 Goiás – de pé direito, escanteio rasteiro pela direita (pequena área);

20º e 21º gols: Série B – Criciúma 2 x 2 Goiás – de pé direito, escorando passe pela esquerda (pequena área) / de pé direito, escorando passe pela direita (grande área).

R7

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Close
WhatsApp chat Fale via: WhatsApp