EsporteFutebol 2020

Após 13 rodadas, líder Santos tem terceira melhor campanha do Brasileirão desde 2006

Peixe tem 32 pontos e fica atrás apenas do Atlético-MG de 2012 e do Corinthians de 2017 a essa altura da competição

O Santos de Jorge Sampaoli tem sido eficiente dentro de campo e acumula marcas fora dele. Líder isolado do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, o Peixe apresenta uma das maiores arrancadas recentes da competição.

De acordo com levantamento da equipe do Espião Estatístico, do GloboEsporte.com, o Santos é o terceiro melhor líder do Brasileirão após 13 rodadas desde que a competição passou a ter 20 clubes, em 2006.

Após golear o Goiás, por 6 a 1, na Vila Belmiro, o Santos chegou aos 32 pontos com uma campanha de dez vitórias, dois empates e apenas uma derrota, além de um saldo de 14 gols e 82,1% de aproveitamento.

Santos comemora gol diante do Goiás — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Santos comemora gol diante do Goiás — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Nos últimos 13 anos, apenas dois clubes tiveram uma “largada” melhor que a do Santos de Sampaoli no Campeonato Brasileiro: Atlético-MG e Corinthians.

Em 2012, o Atlético-MG terminou a 13ª rodada com uma campanha quase idêntica à do Santos deste ano. Com as mesmas dez vitórias, dois empates e uma derrota, o Galo da época só supera o Peixe no saldo de gols – 17 contra 14.

Já em 2017, foi o Corinthians que fez uma campanha quase impecável nas 13 primeiras partidas do Campeonato Brasileiro. O time da capital paulista terminou a rodada com 35 pontos, com 11 vitórias, dois empates e nenhuma derrota. Além disso, na ocasião, o rival do Peixe abriu dez pontos de vantagem para o vice-líder Grêmio.

Veja a pontuação de líder e vice-líder após 13 rodadas desde 2006:

  • 2006 – São Paulo 29, Cruzeiro 25
  • 2007 – Botafogo 25, Paraná 22
  • 2008 – Flamengo 26, Grêmio 25
  • 2009 – Atlético-MG 28, Palmeiras 25
  • 2010 – Fluminense 29, Corinthians 28
  • 2011 – Corinthians 29, Flamengo 27
  • 2012 – Atlético-MG 32, Vasco 30
  • 2013 – Cruzeiro 25, Botafogo 25
  • 2014 – Cruzeiro 29, Fluminense 25
  • 2015 – Atlético-MG 29, Fluminense 27
  • 2016 – Palmeiras 28, Corinthians 25
  • 2017 – Corinthians 35, Grêmio 25
  • 2018 – Flamengo 27, São Paulo 26
  • 2019 – Santos 32, Palmeiras 28

No entanto, vale lembrar que apesar do começo empolgante, tanto Corinthians quanto Atlético-MG tiveram quedas de desempenho ao longo da competição.

No caso do Galo, o time do técnico Cuca, que hoje comanda o São Paulo, foi ultrapassado pelo Fluminense e terminou a competição com o vice-campeonato.

Já o Corinthians de 2017, mesmo com o título, chegou a ver o Palmeiras encostar e quase perdeu a liderança para o rival, mas se reergueu em um confronto direto e conseguiu faturar o título.

Para evitar tomar os mesmos sustos, o Santos aposta em Jorge Sampaoli para manter o alto nível nas 25 rodadas restantes deste Brasileirão. Para isso, o treinador tem formado um time que consegue variar bastante sua maneira de atuar dentro de um mesmo jogo e se torna praticamente i neutralizações adversárias.

Jorge Sampaoli, técnico do Santos — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jorge Sampaoli, técnico do Santos — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Dentro de campo, a ideia tem dado certo. Neste Campeonato Brasileiro, fora a goleada sofrida para o Palmeiras, por 4 a 0, o Santos conseguiu encaixar suas ideias de jogo e foi superior aos adversários.

Além disso, o Santos segue se reforçando para dar ainda mais peças a Sampaoli. Na última segunda-feira, o clube apresentou o lateral-direito Pará. Além dele, o Peixe ainda anunciou a contratação do zagueiro Luan Peres e deve anunciar o atacante Lucas Venuto ainda nesta terça.

O próximo compromisso do Santos é o clássico diante do São Paulo, no próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Morumbi, válido pela 14ª rodada do Brasileirão.

Ge

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp