agronegócios

Agronegócio da cevada estará reunido na 2ª Reunião Nacional de Pesquisa de Cevada

Na programação estão temas como avaliação de safras (2017 e 2018), clima, prospecção de mercado e manejo de doenças na cultura da cevada

A 32ª Reunião Nacional de Pesquisa de Cevada vai reunir profissionais ligados ao agronegócio da cevada em Passo Fundo, RS, nos dias 16, 17 e 18 de abril. Na programação estão temas como avaliação de safras (2017 e 2018), clima, prospecção de mercado e manejo de doenças na cultura da cevada.

A área de cevada tem se mantido estável nos últimos anos, com cerca de 100 mil hectares em lavouras localizadas nas regiões Sul e Sudeste. Contudo, na safra que inicia agora, a expectativa é de aumento de área, tendência sinalizada pela indústria cervejeira que orienta o mercado de cevada no Brasil.

Para o pesquisador da Embrapa Trigo Euclydes Minella, o consumo de cevada e malte é crescente no País, estimulada tanto pela demanda das microcervejarias, quanto pelo potencial de consumo de cevada na alimentação animal. Segundo o pesquisador, na alimentação animal, a cevada tem retorno similar ao milho, inferior em energia, mas superior na quantidade e qualidade de proteína. As vantagens da cevada em complemento ao milho em vacas leiteiras foram comprovadas pela pesquisa mostrando aumento na lactação do plantel. “A cevada deverá se consolidar na oferta de grãos na entressafra do milho”, conclui Minella.

A “Análise conjuntural e prospectiva do agronegócio cevada-malte” é o tema que vai orientar representantes do setor produtivo, pesquisa e indústria no painel previsto para o primeiro dia da programação da 32ª Reunião Nacional de Pesquisa de Cevada. A programação completa está no site https://www.embrapa.br/reuniao-cevada. A inscrição é gratuita e poderá ser efetuada até o início do evento, às 8h30, dia 16 de abril, no auditório da Embrapa Trigo, em Passo Fundo, RS. A promoção é da Embrapa, Agraria e Ambev, com o apoio dos grupos Petrópolis e Soufflet.

Saiba mais ouvindo a entrevista com o pesquisador da Embrapa Trigo Euclydes Minella.

 

Fonte: Embrapa Trigo

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp