Destaque

Governo de Rondônia recebe 44 novos médicos de programa federal e os destina a 18 municípios do Estado

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, destacou a importância de servir bem à população. De olhar nos olhos do paciente, de apertar a mão, de mostrar que o profissional é um servidor público e que sua obrigação é atender bem e de forma humanizada

O governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), recebeu, na sexta-feira (29), os 44 novos médicos que vão atuar em Rondônia no programa Mais Médicos do governo federal.

Os municípios beneficiados serão: Porto Velho, Colorado do Oeste, Chupinguaia, Machadinho, Novo Horizonte, Mirante da Serra, Ouro Preto, Primavera de Rondônia, São Francisco do Guaporé, Seringueiras, São Miguel do Guaporé, Corumbiara, Costa Marques, Governador Jorge Teixeira, Campo Novo e Nova Mamoré.

Eles vão trabalhar na atenção básica de Saúde, considerada porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS) e na saúde indígena (nos polos do Distrito Sanitário Especial Indígena – DSEI – de Porto Velho e Vilhena).

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, destacou a importância de servir bem à população. De olhar nos olhos do paciente, de apertar a mão, de mostrar que o profissional é um servidor público e que sua obrigação é atender bem e de forma humanizada. “Temos que entender que cada centavo que ganhamos é pago pela população e isso é mais um motivo para darmos o melhor atendimento possível”.

Com a entrada dos novos profissionais, todos formados no exterior, o número de médicos do programa Mais Médicos em Rondônia salta de 256 para 300, relata o secretário. Ele disse que para atender à normativa do Ministério da Saúde (MS), que determina 336 profissionais para o Estado, novo chamamento deverá ser feito no mês de abril deste ano. Governador Coronel Marcos Rocha dá as boas vindas e deseja sucesso aos profissionais.

Irgo Mendonça, representante do Ministério da Saúde (MS), destacou o compromisso da atual gestão da Saúde no Estado para viabilizar a contratação dos profissionais. Ele explica que o programa Mais Médicos busca resolver a questão emergencial do atendimento básico ao cidadão, mas também cria condições para continuar a garantir um atendimento qualificado no futuro para aqueles que acessam cotidianamente o SUS.

SONHO

João Marcos, de Alvorada do Oeste, diz que vê com grande alegria a oportunidade aberta pelo Mais Médicos e pelo governo de Rondônia. Para ele, significa um voto de confiança que todos estão recebendo de poder mostrar que têm competência para exercer a medicina. Além disso, trabalhando no Estado de origem, muitas vezes, bem próximo casa, relata.

Tudo Rondônia

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp