Connect with us

Destaque 97 Nos Esportes

governo federal tem a meta mínima de arrecadar R$ 2,1 bilhões (valor de outorga) com a concessão de 12 aeroportos, em três blocos regionais, no leilão de hoje (15), a partir das 10h, na B3, antiga Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo. A estimativa é que até 12 empresas participem do leilão. Os prováveis participantes, mapeados pelo governo, têm capital nacional e estrangeiro, e poderão apresentar suas propostas consorciados. A informação é do secretário de Aviação Civil, Roney Glanzmann, em entrevista à NBR (EBC). “Estamos esperando um leilão bastante competitivo, muitos operadores estrangeiros e brasileiros, todos de primeira linha que já operam grandes aeroportos pelo mundo devem participar”, disse o secretário. Em seguida, Glanzmann afirmou que: “Já tem mais de um ano que estamos falando semanalmente com esses operadores estrangeiros e todos estão animados com essa modelagem de concessão do governo federal. Acreditamos que vamos atrair grandes operadores mundiais de aeroportos”. Conforme o secretário, a projeção oficial é de que os futuros concessionários invistam R$ 3,5 bilhões em melhorias e na capacidade de atendimento dos aeroportos durante 30 anos. + Previdência: transição para militares será mais suave do que a de civis + Gafisa é condenada a pagar R$ 30 milhões por construção irregular em SP No bloco Nordeste, serão leiloados os aeroportos de vocação turística Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande (ambos na Paraíba). No bloco Sudeste, serão concedidos aeroportos que atendem especialmente a indústria de petróleo e gás: Vitória (ES) e Macaé (RJ). No bloco Centro-Oeste, estarão em negociação os aeroportos que atendem o agronegócio no Mato Grosso: Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta. Juntos os aeroportos que formam os três blocos respondem por 9,5% do mercado doméstico (20 milhões de passageiros por ano). De acordo com Roney Glasmann, é a primeira vez que o governo federal faz concessão de aeroportos em blocos. “Nos unimos aeroportos mais atrativos, de maior volume de passageiro e carga, com aeroportos menores da aviação regional”, disse. Segundo informação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), “os lances iniciais mínimos serão de R$ 171 milhões para o bloco Nordeste; R$ 46,9 milhões para o bloco Sudeste; e R$ 800 mil para o bloco Centro-Oeste”. Essa é a quinta rodada de concessões de aeroportos, iniciadas em 2011 (com o leilão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante – RN). “Não há envolvimento de recurso público nessa rodada. Todos recursos a serem investidos serão captados pela iniciativa privada, trazendo expertise, know how e boas práticas internacionais de gestão para os nossos aeroportos”, disse o secretário. “Na experiência que nós temos com a concessão de aeroportos, melhora bastante a qualidade de serviço para a população. Melhora porque recebe investimento, são atraídos novos parceiros comerciais, grandes marcas de alimentação e varejo. O nível de conforto e a experiência de viagens dos passageiros têm melhorias significativas”, disse. Glanzmann salientou que a concessão “não prevê em hipótese alguma qualquer aumento de tarifa ou onera de qualquer jeito o passageiro”. Como disse na entrevista, “o passageiro vai continuar pagando a mesma taxa de embarque de que ele já paga hoje nos aeroportos operados pela Infraero” O governo deve anunciar também nesta sexta-feira, concessões de mais 22 aeroportos na sexta rodada de leilões – a ser realizada em agosto de 2020. Conforme cronograma oficial, a sétima e última rodada de concessões, com 21 aeroportos, ocorrerá até o primeiro trimestre de 2022. Com informações da Agência Brasil.

Publicado

on

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (15) o sorteio para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Destaque para os duelos entre Manchester United e Barcelona e Ajax contra Juventus. Os confrontos entre Tottenham x Manchester City e Liverpool x Porto completam a fase.

O sorteio também deixou definido o caminho até a decisão do torneio, que acontece no dia 1º de junho, em Madri (Espanha), no estádio Wanda Metropolitano. Barcelona ou United pega quem ganhar o confronto entre Liverpool e Porto na semifinal. Já classificado do duelo entre Tottenham e City encara Ajax ou Juventus.

Por decisão das autoridades inglesas, City e United não podem jogar em Manchester no mesmo dia ou em noites consecutivas. Assim, os “Diabos Vermelhos” jogam a primeira partida contra o Barcelona em casa. Nos outros confrontos, Ajax, Tottenham e Liverpool fazem a primeira partida em seus domínios.

As partidas de ida acontecem nos dias 9 e 10 de abril. Os retornos estão programados para 16 e 17 do mesmo mês. Os clubes da Inglaterra são maioria nas quartas. O último inglês campeão foi o Chelsea, em 2011/12.

Confira todos os confrontos da Liga dos Campeões (os times à esquerda fazem o primeiro jogo em casa):

Ajax (HOL) x Juventus (ITA)

Tottenham Hotspur (ING) x Manchester City (ING)

Liverpool (ING) x Porto (POR)

Manchester United (ING) x Barcelona (ESP)

Noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp