Connect with us

Geral

Procurador-geral do governo britânico dá ‘golpe’ em novo acordo de May

Publicado

on

O procurador-geral do governo britânico pronunciou-se hoje (11) sobre as alterações feitas ao acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, que será votado nesta terça-feira (12) pelo Parlamento britânico.

Segundo Geoffrey Cox, apesar das mudanças feitas ao acordo do Brexit “reduzirem o risco de o Reino Unido poder ficar preso à União Europeia indefinidamente e involuntariamente”, não o eliminam, referindo-se ao “backstop”.

O “backstop” tem sido o principal ponto de discórdia sobre o acordo com Bruxelas e prevê a criação de “um espaço aduaneiro único” entre a UE e o Reino Unido, no qual as mercadorias britânicas teriam “um acesso sem taxas e sem quotas ao mercado dos 27” e que garantiria que a Irlanda do Norte se manteria alinhada com as normas do mercado único “essenciais para evitar uma fronteira física”.

Para o procurador-geral, estas alterações “legalmente vinculativas”, continuam sem dar ao Reino Unido “meios legais internacionais” para conseguir sair desse acordo sem a aprovação da União Europeia.

Esta opinião foi veiculada antes do debate para votar o acordo para o Brexit, pela segunda vez, no Parlamento britânico e é um “golpe” para Theresa May, que pretende persuadir os deputados a aprovar o documento.

Noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp