Capital

Mais 700 famílias recebem chave da casa própria no Orgulho do Madeira, em Porto Velho

Juraci da Silva disse estar muito feliz pela conquista ao receber a chave do governador Daniel Pereira

Aos 75 anos, a porto-velhense aposentada, Juraci da Silva, foi a primeira a receber, das mãos do governador Daniel Pereira, a chave de sua primeira residência própria, no Residencial Orgulho do Madeira, em solenidade nesta sexta-feira (21), ocasião em que também outras 703 pessoas de baixa renda foram contempladas com uma casa ou apartamento construídos na Zona Leste da capital, através da parceria firmada entre os governos federal e estadual e a prefeitura. Só o governo estadual investiu R$ 39,5 milhões, segundo a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas). Dona Juraci, que até então morava com uma dos quatro filhos, disse estar muito feliz com a conquista, ao receber a chave da casa

contendo uma sala, cozinha, banheiro e dois quartos.

“Agradeço a Deus e ao governador e também a minha família que lutou comigo”, afirmou, recebendo em seguida a informação de Daniel Pereira de que o responsável pelo projeto que tira do aluguel ou deixa de morar com parentes, quatro mil famílias, só da capital, foi o então governador, hoje senador eleito e diplomado Confúcio Moura, para quem o atual governador solicitou de todos os presentes que fosse prestada homenagem em vídeo com agradecimento e votos de boas festas.

As 704 novas moradias, 576 apartamentos e 128 casas, fazem parte da 4ª etapa do Residencial Orgulho do Madeira, que já beneficiou outras 2.800 pessoas nas três primeiras etapas, restando agora 496 para serem entregues pelo governo do Coronel Marcos Rocha. Todas as famílias contempladas fizeram cadastro e foram selecionadas em sorteio.

Daniel Pereira lembrou que ao todo o projeto do governo beneficia 25 mil famílias, uma média de 100 mil pessoas, que corresponde a cerca de 5% da população de Rondônia. “É a maior distribuição de moradias do estado, e proporcionalmente do País. Se o próximo governo fizer mais 25 mil residências, provavelmente acabará o déficit habitacional no estado”, observou o governador desejando que as próximas gerações, como Manoel da Silva, 2 anos, neto de dona Juraci, não demorem muito para ter sua casa própria.

“É um sonho que agora se torna realidade”, definiu a aposentada Cátia Lima, 60 anos, que estava acompanhada de Luzia Gomes, 45, beneficiária social, ambas também recebendo pela primeira vez a chave do imóvel que poderão chamar de “meu”.

Joana Meireles, 49, foi uma dos que receberam o imóvel e que não sustentaram as lágrimas, lembrando que nunca conseguiu adquirir sua casa para morar com os três filhos. Antes do sorteio ela trabalhava como doméstica e recentemente conseguiu emprego em uma academia.

A solenidade ainda contou com a presença do titular da Seas, Pedro Sanches; Claudir Rocha, secretário municipal de Ação Social e da Família; e Cleomar Wanderley, do Banco do Brasil, representando o governo federal.

Fonte:SECOM

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Close
WhatsApp chat Fale via: WhatsApp