Mundo

Se EUA desenvolverem mísseis de alcance médio, Rússia fará o mesmo

O presidente russo sublinha que se Washington quer rasgar o acordo de mísseis de alcance médio é porque decidiu que "tem de ter estas armas".

Estados Unidos e Rússia continuam a trocar farpas relativamente a um tratado de mísseis. Desta feita foi a vez de Vladimir Putin lançar um aviso. Se os Estados Unidos abandonarem o acordo de mísseis de alcance médio e começar a desenvolver os mísseis proibidos por esse acordo, então a Rússia fará o mesmo. As declarações foram proferidas pelo presidente russo esta quarta-feira, avança a Associated Press.

Para Putin, a decisão de rasgar o tratado é um sinal de que os Estados Unidos decidiram que “têm de ter estas armas”.

Estas afirmações do Chefe de Estado russo surgiram um dia depois de Mike Pompeo, Secretário de Estado norte-americano, ter anunciado numa reunião da NATO que Washington vai suspender as suas obrigações do Intermediate-Range Nuclear Forces Treaty em 60 dias por considerar que o Kremlin está a fazer “batota”.

Este tratado é visto como uma pedra angular da segurança global.

Noticias ao minuto

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Close
WhatsApp chat Fale via: WhatsApp