Destaque

Kátia Abreu vê injustiça na condenação e prisão de Acir Gurgacz

A senadora disse confiar plenamente na honestidade de Acir Gurgacz

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) considerou nesta terça-feira (23) que o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), atualmente preso em regime fechado, foi vítima de uma condenação injusta. Ela criticou ainda a pena máxima imposta a um réu primário e com bons antecedentes.

A parlamentar explicou que a situação surgiu do fato de o parlamentar ter avalizado empréstimo para uma empresa de ônibus da sua família em 2004, época em que ainda não se dedicava à política. Segundo Kátia Abreu, nem mesmo o Banco da Amazônia, que concedeu o empréstimo, prestou queixa de irregularidade, considerando quitada a operação.

A senadora disse confiar plenamente na honestidade de Acir Gurgacz, tendo recebido o apoio de vários senadores, em apartes ao seu pronunciamento. Kátia Abreu manifestou sua esperança de voltar a ter o político de Rondônia ao seu lado no Plenário do Senado.

— Eu peço ao Supremo Tribunal Federal, que nunca nos falhou, que nunca tem falhado conosco, que possa fazer essa revisão nesse caso, revisar essa pena monstruosa para um réu primário de boa índole e boa condução, um avalista de uma operação com pena máxima, que está fazendo falta a Rondônia, fazendo falta a este Plenário.

Fonte:Agência Senado

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp