Connect with us

agronegócios

A importância da utilização do zinco de qualidade nos fertilizantes

Publicado

on

O óxido de zinco é matéria-prima essencial para a produção de fertilizantes para o agronegócio

Mas sua qualidade não costuma ser atestada por nenhum controle de qualidade, o que resulta na contaminação do produto e, consequentemente, do solo, por outros minerais prejudiciais à saúde. A eventual presença de metais secundários no óxido de zinco utilizado em fertilizantes – como arsênio, cádmio, mercúrio, cromo e chumbo – é prejudicial ao organismo humano e ao meio ambiente, a partir de determinada quantidade.

A Nexa Resources (ex-Votorantim Metais) é a primeira empresa brasileira a receber o selo de qualidade internacional para o óxido de zinco. Emitido pela International Zinc Association (IZA), entidade que reúne os principais produtores de zinco do mundo, o selo certifica a pureza do produto comercializado pela empresa. Os produtos à base de zinco que tiverem o selo da IZA atestam respeitar os limites permitidos de materiais secundários.

A criação do selo de qualidade internacional pela IZA chama a atenção para a necessidade do uso de fertilizantes à base de zinco em solos pobres desse micronutriente. “Pesquisas mostram que a presença de zinco no solo aumenta a escala de produção de alimentos ao mesmo tempo que enriquece os itens agrícolas. Ao ingerirmos produtos com maior teor de zinco, há melhora no sistema imunológico e na manutenção das células”, afirma Daniele Albagli, gerente-geral de marketing e desenvolvimento de mercado global da Nexa.

Data de Publicação: 17/04/2018 às 08:00hs
Fonte: www.portaldoagronegocio.com.br
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp