Connect with us

Destaque

Audiência pública discutirá campanha da fraternidade nesta quinta-feira

Publicado

on

O tema da campanha deste ano será “Fraternidade e Superação da violência”..

O deputado Adelino Follador (DEM), coordenará amanhã (5) a partir das 9h, audiência pública no plenário da Assembleia Legislativa para discutir a Campanha da Fraternidade de 2018, que tem como tema “Fraternidade e Superação da Violência”.

Segundo o parlamentar, todos os anos a Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) realiza e organiza a Campanha de Fraternidade, que inicia no período da quaresma e segue até o final do ano. “Este ano a CNBB planeja realizar debates em diversos pontos do país com o intuito de superar a violência que atinge tantas capitas do Brasil e amanhã realizaremos esse encontro, para contribuir com campanha”, diz Follador.

De acordo com o Padre Luís Fernando, secretário-executivo das Campanhas da Fraternidade da CNBB, a proposta deste ano é enfatizar a superação da violência, mapeando onde acontecem estes tipos de situação. Muitas são as ações que lutam pela paz, mas o movimento é pequeno para que elas ganhem notoriedade.

Escolha do tema

O que motivou a escolha do tema por parte dos bispos foi o aumento no índice de violência no Brasil. A taxa de homicídios no país é mais alta do que em países como a Síria, uma nação que está em guerra.

Em 1983 a Campanha da Fraternidade abordou a mesma temática e se constatou que no Brasil havia uma carência de mapear a zonas de maior incidência de violência. O grande fruto naquele ano foi a criação de instrumentos que garantissem um panorama da violência.

O texto base deste ano faz uma reflexão a partir de duas perspectivas: violência direta e a violência cultural. A primeira é definida como aquela que é mais evidente, como homicídios, assaltos, agressões.

Numa segunda linha, o texto-base vai falar de uma violência cultural, como nossa intolerância religiosa, preconceito racial, que são pequenas intolerâncias que vão sendo cometidas no nosso dia a dia e vão se inserindo na nossa cultura sem que percebamos.

 

ALE/RO – DECOM – Laila Moraes 
Foto: Lusângela França

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp