Connect with us

Esporte

Santos recusa troca de atletas e espera retorno financeiro por Zeca

Publicado

on

A diretoria santista decidiu que só aceitará dinheiro, cerca de 7 milhões de euros para negociar Zeca com Grêmio e Flamengo.

 

Santos definiu que precisa de dinheiro para o restante da temporada e, por isso, não abre mão de ser ressarcido financeiramente em uma possível transferência de Zeca para outro clube brasileiro. A reportagem apurou que o time alvinegro recusou uma lista de atletas apresentada por Grêmio, Flamengo e até Internacional.

A diretoria santista decidiu que só aceitará dinheiro, cerca de 7 milhões de euros (R$ 28,6 milhões na cotação atual), para negociar Zeca com Grêmio e Flamengo. A exceção é o Internacional, pois diretoria e comissão técnica possuem grande interesse em manter Eduardo Sasha nos próximos anos. Ainda assim o Santos também pretende receber compensação financeira, além do atacante.

O Internacional admite liberar Eduardo Sasha em definitivo para o Santos. Por outro lado, já considera o meia-atacante pagamento suficiente para ter Zeca e não está disposto a mandar mais um valor financeiro no negócio. O clube ainda apresentou uma relação de atletas que poderiam ser liberados junto com o atacante, mas eles também foram rejeitados.

O Inter não desistiu do acordo e aguarda uma posição definitiva do Santos para tentar uma nova oferta, embora seja taxativo ao descartar ceder recursos. Até porque precisa vender jogadores e se vê pressionado pelo orçamento previsto para o ano.

O Grêmio, por sua vez, procurou o Santos para tentar contratar Zeca e, nessa conversa, apresentou uma lista de jogadores que poderiam ser envolvidos no acordo. Além de atletas, o clube tricolor cogitou pagar uma quantia ao time alvinegro. Os nomes ofertados e os valores ventilados, no entanto, não agradaram os dirigentes santistas e as tratativas esfriaram.

O Santos, por fim, acredita que os clubes estão segurando propostas financeiras maiores pois ainda estão esperançosos que Zeca pode vencer o clube paulista na Justiça em audiência marcada para a primeira quinzena do próximo mês. O processo ainda está em estágio inicial e todas as decisões até agora foram liminares -o caso sequer foi julgado em definitivo na primeira instância.

Fonte: noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp