Connect with us

Destaque

Aliado diz ser possível não haver candidato que defenda legado de Temer.

Publicado

on

Governador de Rondônia, Confício Moura (MDB) também afirmou que “a história há de registrar os feitos” do presidente.

 

Confício Moura (MDB), governador de Rondônia, disse em entrevista divulgada nesta sexta-feira (29) que é possível não haver candidatos à Presidência em 2018 que não defendem o governo de Michel Temer.

“É possível que ninguém faça a defesa dele [Temer]. O tempo fará. Não dá para dizer nada agora, estamos no calor do fogo. Então não dá para fazer defesa do Temer [nas eleições], porque a população já está dizendo: ele está com 6% de aceitação, é baixíssimo. Mas o tempo, a história há de registrar os seus feitos”, disse o político.

O Planalto tem afirmado que o nome a ser apoiado pelo governo terá de defender o legado atual. “A condição é que defenda o legado do governo Temer. Temos preferência por um candidato de um dos nossos sete partidos. Temos Henrique Meirelles e Rodrigo Maia sendo cogitados. Temos nomes para isso. Esses dois nomes já estão sendo falados pela população e seguramente teremos outros nomes. Do PMDB, ouço falar do governador Paulo Hartung. Já foi mencionado por parlamentares como candidato”, afirmou o ministro Eliseu Padilha, na última quarta-feira (27).

Para o governador, segundo informações do portal Uol, entre os nomes citados, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), pode vir a ser um bom candidato. Porém, na sua opinião, tudo dependerá da recuperação da economia.

“Não digo que ele [Meirelles] vá ganhar a eleição, mas tem condição de apresentar uma proposta para o Brasil de continuidade de reformas e de um objetivo à vista”, afirmou.

Fonte: noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp