Connect with us

Rondônia

Ouro Preto assina o termo de adesão do Mapa Turístico Brasileiro

Publicado

on

Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

Em uma solenidade ocorrida na prefeitura de Ouro Preto do Oeste, o município assinou termo de adesão ao programa de Regionalização do Turismo do Ministério do Turismo, que abaliza o Mapa Turístico Brasileiro. O ato contou com a presença do superintendente estadual de Turismo – Setur, Júlio Olivar, prefeito Vagno Gonçalves Barros, Maria Araujo de Oliveira, secretária Executiva Regional de Governo polo IV, presidente da Câmara municipal vereador J.Rabelo e empresários ligados ao setor de turismo. Com a adesão ao programa, o município passa a integrar a região turística BR-364/Caminhos de Rondon sendo incluído no Mapa do Turismo Brasileiro, ferramenta de gestão que define o recorte territorial que deve ser trabalhado prioritariamente pelo Ministério do Turismo estando apto a pleitear recursos nas áreas de estruturação, gestão e promoção do turismo.

O prefeito Vagno Gonçalves, disse que a adesão ao Mapa Turístico Brasileiro representa um novo impulso no seguimento em tela e que o município irá fortalecer as políticas públicas com projetos voltados para a área. O chefe do Poder Executivo municipal afirmou que a parceria com o governo do Estado por meio da Setur e a Secretaria Executiva Regional de Governo só vem somar para alavancar o turismo na região central do Estado.

Em sua fala o titular da pasta da Setur Júlio Olivar explicou que Ouro Preto do Oeste tem o status de Estância Turística. Sede do Morro Chico Mendes, dispõe de empreendimentos conhecidos em todo o Estado, como o Graúna Resort Hotel, Ouro Park Hotel e o Vale das Cachoeiras (na tríplice fronteira com Nova União e Teixeirópolis). Até a prefeitura segundo pontuou o superintendente está dentro de um complexo turístico, a Praça da Liberdade, com palco, arena de shows e teatro de arena.

Ouro Preto tem tradição em gastronomia e expertise em preservação das águas e florestas. A Fazendinha é um modelo de empreendimento que mistura produção (cacau, pirarucu), agroindústria (chocolates, queijos, carnes e outros derivados) e varejo (restaurante com especiarias típicas “da roça”).

“Há várias ações do Governo do Estado na área de turismo em Ouro Preto: construção do bosque, pavimentação de acesso ao Morro Chico Mendes, quiosque de informações turísticas no bosque e projeto do Centro de Atendimento ao Turista-CAT, mídia institucional, várias audiências e eventos de promoção do destino. Propusemos ao prefeito Vagno Gonçalves e ao trade uma nova identidade visual da estância e mantermos pela Setur um servidor específico lotado na Secretaria Executiva Regional para acompanhar os projetos e contribuir na promoção de Ouro Preto que tem sim a vocação para o turismo sustentável e a somatória das forças através das instituições é a palavra-chave”, asseverou Júlio Olivar

O Mapa do Turismo Brasileiro é uma ferramenta importante para definir a estratégia de atuação do Ministério do Turismo. E para que ele seja cada vez mais efetivo na formulação das políticas públicas para o setor, o plano Brasil + Turismo previu a atualização da ferramenta a cada dois anos, respeitando o primeiro ano de mandato dos prefeitos municipais e dos governadores estaduais e do Distrito Federal. O período para mobilização dos gestores municipais, coleta de documentos comprobatórios e realização das oficinas regionais e estaduais termina em 31 de maio.

A partir de 01 de junho, segundo cronograma estabelecido pela Pasta, começa o prazo para inserção dos documentos no Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo e validação das Regiões Turísticas junto aos Fóruns e/ou Conselhos Estaduais de Turismo. O processo de atualização, que será conduzido pelos gestores locais, termina em 31 de julho. Para tanto, os gestores estaduais e novos gestores municipais foram informados sobre prazos e a importância do remapeamento.

A atualização do Mapa do Turismo Brasileiro a cada dois anos é uma das ações previstas no Brasil + Turismo. A ideia e que os gestores municipais e estaduais tenham um instrumento que retrate corretamente a sua realidade e que possibilite, dessa maneira, a gestão correta do turismo na região.

Hoje, de acordo com o mapa, o Brasil conta com 2.175 municípios divididos em 291 regiões turísticas. Entre as regras estabelecidas pelo MTur para que o município seja incluído no Mapa estão: possuir órgão responsável pela pasta de turismo, destinar dotação para o turismo na lei orçamentária anual vigente e apresentar o Termo de Compromisso assinado por Prefeito Municipal ou dirigente responsável pela pasta de turismo, conforme modelo disponibilizado no Sistema, aderindo de forma espontânea e formal ao Programa de Regionalização do Turismo e à Região Turística.
Fonte:Assessoria

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp