Connect with us

Política

Amorim quer vereadores ganhando o mesmo que professores

Publicado

on

Amorim quer vereadores ganhando o mesmo que professores

Polêmico, mas falando a linguagem do povão (por isso é um dos políticos com mais mandatos Rondônia), Ernandes Amorim saiu do Senado para voltar ao início, como vereador em Ariquemes, cidade onde já foi prefeito duas vezes e que o elegeu deputado estadual, federal e senador. Agora, na Câmara, ele também está polemizando. Quer diminuir o salário dele e de seus companheiros, porque considera os valores atuais muito altos e até inconstitucionais. Mais que isso: Amorim quer equiparação dos vencimentos do edis aos dos professores municipais. Seria, caso aprovada a ideia, uma iniciativa inédita no país e que poderia dar ao hoje vereador rondoniense, status de um nome de repercussão nacional. Os altos salários dos políticos (a começar pelos vereadores), é um dos temas mais criticados pela população trabalhadora, que ganha sempre muito mal. Amorim afirma que há três salários diferentes na Câmara, o que seria ilegal, segundo ele. O presidente da Casa ganha 13.800; os membros da Mesa Diretora 11 mil e os demais vereadores, quase 7 mil reais. Para ele, a Constituição determina que os vereadores têm que ter o mesmo salário, independente de penduricalhos. Além disso, ao equipar os vencimentos de todos os edis ao maior salário de um professor municipal (na faixa de 5 mil reais), estaria atendendo os clamores da população e, ao mesmo tempo, abrindo espaço para que se valorize cada vez mais o professorado.

Amorim conhece muito de relações com o eleitorado. Sabe bem o que está fazendo, porque seu projeto de diminuição nos salários na Câmara é apoiado por praticamente toda a população. Menos, é claro, por seus colegas vereadores. Enquanto ele vai agradando o eleitorado, seus pares têm que ficar dando explicações do porquê não aceitarem um projeto que seria aplaudido por toda a comunidade e, certamente, transformaria a Câmara de Ariquemes num exemplo nacional. Amorim, aos 70 anos, está de olho no futuro. É candidatíssimo a uma cadeira no Congresso, no ano que vem. Vai disputar uma vaga à Câmara Federal ou pode até tentar retornar ao Senado. Seria mais um evento histórico, na sua longa e complexa carreira política. Com projetos populares como os do salário dos vereadores, ele está preparando o terreno para pisar, na eleição de 2018. Amorim sabe tudo de política!

Fonte: rondoniavip / Opinião de Primeira por Sérgio Pires

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp