Connect with us

Novelas

Polícia prende bando que vendia vagas em curso de medicina em Rondônia

Publicado

on

Veículos apreendidos com os acusados.

Polícia prende bando que vendia vagas em curso de medicina em Rondônia

Uma quadrilha que vendia vagas para o curso de medicina para faculdades de vários estados brasileiros foram presos na manhã deste domingo 22, em Porto Velho, Rondônia. Foram cerca de dez pessoas presas em flagrante durante o vestibular da faculdade Fimca, na capital do estado.

A operação contou com o apoio da direção da faculdade. Assim foi possível prender um dos chefes do esquema e mais um integrante da quadrilha. Oito estudantes que compraram as vagas também foram presos. Esses presos foram todos levados para a Delegacia de Repressão e Combate às Ações Criminosas Organizadas.

Na hora das prisões houve troca de tiros entre a polícia e os criminosos. Informações preliminares dão conta que cerca de 30 pessoas são investigadas e que uma ex-professora estaria envolvida com a quadrilha.

O grupo criminoso comercializava os gabaritos por cerca de cem mil reais e se utilizavam de modernos aparelhos eletrônicos para comunicação entre os envolvidos. Mesmo com tamanha segurança implantada, os envolvidos conseguiam passar pelos detectores.

“O esquema contou com uma sofisticada logística para acontecer. No sábado 21, membros da quadrilha se reuniram num hotel de Porto Velho para repassar o plano com os estudantes que compraram as vagas. Tudo já estava sendo monitorado pela Polícia Civil”.

Aparício Carvalho, proprietário da Fimca disse que denunciou o esquema por entender que a ação criminosa prejudica os alunos bem como a instituição. “Isso permite o ingresso de alunos sem a capacidade necessária para fazer o curso de medicina”.
Fonte:Rede TV RO

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp