Connect with us

Esporte

Grêmio joga melhor que o Atlético-MG, mata o jogo aos 45 e leva boa vantagem para o Sul

Publicado

on

Em contra-ataque perfeito puxado por Geromel, nos acréscimos, Everton fecha o placar no Mineirão; Pedro Rocha é protagonista da primeira metade da decisão com dois gols e expulsão.

RESUMÃO

  • ESTRATÉGIA PERFEITA E BOA VANTAGEM – 

    O confronto entre Atlético e Grêmio, na final da Copa do Brasil, tem alguns ingredientes interessantes. A característica diferente dos times, por exemplo. O Grêmio tem um jogo mais técnico, cadenciado. Sabe explorar a posse de bola e tem o contra-ataque como arma mortal. O Atlético aposta no volume ofensivo, na velocidade e no talento de Robinho, Pratto e companhia. No Mineirão, na primeira metade da decisão, a estratégia do Grêmio deu certo e anulou a do Galo. Durante a maior parte do jogo, o Tricolor mandou no meio-campo e soube aproveitar a posse de bola para marcar os dois primeiros gols. Pedro Rocha foi expulso, e o Atlético, com um a mais, partiu pra cima e conseguiu reduzir o placar. Na pressão pelo empate, abriu espaço para o contra-ataque gremista, que foi mortal e fechou o placar: 3 a 1. Excelente vantagem.

    Fonte: globoesporte

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp