DestaqueNovelasPlantão Jogo Aberto

Optometrista é preso por exercício ilegal da Medicina em Machadinho do Oeste

Além de levarem o acusado para a delegacia, a polícia também apreendeu todo o equipamento utilizado pelo optometrista.

Optometrista é preso por exercício ilegal da Medicina em Machadinho do Oeste

O acusado S.D.S de 48 anos foi conduzido ao quartel da Polícia Militar na manhã desta última sexta-feira (02) em Machadinho do Oeste depois de confirmar aos policiais e a equipe do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) que realizava consultas e prescrevia óculos dentro de uma ótica situada na Avenida Getúlio Vargas, região central da cidade.

Toda a ação foi acompanhada pelo médico e conselheiro do Cremero, Dr. Sérgio Cardoso Gomes Ferreira. “Em nenhum momento ele negou que realizava as consultas e exames, pelo contrário. Durante a abordagem ele ainda confirmou na frente da polícia que prescrevia óculos aos pacientes” declarou o conselheiro.

Uma equipe do Cremero acompanhou o caso. Além de levarem o acusado para a delegacia, a polícia também apreendeu todo o equipamento utilizado pelo optometrista. “A população tem que ficar atenta. O optometrista é responsável por fabricar e vender lentes de grau mediante prescrição médica, mas não deve em hipótese nenhuma realizar exames, diagnosticar doenças oculares e receitar o uso de lentes” alerta o presidente do Conselho Regional de Medicina de Rondônia, Dr. Cleiton Bach.

O presidente lembra ainda que o Decreto nº 20.931, de 11 de janeiro de 1932, que regula o exercício da medicina, dentre outras profissões, estabelece no artigo 39 que é vedado às casas de ótica confeccionar e vender lentes de grau sem prescrição médica, bem como instalar consultórios nas dependências dos seus estabelecimentos. “Estamos de olho em situações como estas. Os nossos delegados fiscais atuam constantemente para que a população não seja enganada” acrescentou Bach.

O falso médico, natural de Brejo do Cruz, interior da Paraíba, foi conduzido até a delegacia e responderá pelo crime de exercício ilegal da medicina. O registro da ocorrência foi feito na 1ª Delegacia de Polícia Civil sob o número 2586-2016.

Este não é um fato isolado

Esta não é a primeira vez que optometristas são conduzidos até a delegacia em Rondônia. Em abril deste ano um outro caso foi registrado. Rodrigo Braga de Oliveira foi preso depois de ser flagrado atendendo precariamente em um quarto de hotel em Corumbiara. Ele também já tinha sido encaminhado para a delegacia depois de atuar em Itapuã do Oeste.
“A população precisa entender que estes falsos médicos oftalmologistas colocam em risco a saúde pública. O paciente deve ficar atento a questões como local de atendimento e, caso esteja desconfiado, verificar se o profissional possui registro no Conselho. O número do CRM aparece, por exemplo, em documentos, com o carimbo do profissional” finalizou o presidente do Cremero.
Fonte: Cremero

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Close
WhatsApp chat Fale via: WhatsApp