Connect with us

Olimpíadas Rio 2016

Câmera cai e fere sete pessoas no Parque Olímpico

Publicado

on

Uma cable camera, aparelho de filmagem que fica suspenso no alto por cabos de aço, despencou no Parque Olímpico e feriu sete pessoas nesta segunda-feira (15), entre as Arenas Cariocas 1 e 2. Os ferimentos foram leves e as vítimas passam bem.

A câmera pertence ao serviço de geração de imagens oficial dos Jogos. A empresa responsável se chama Olympic Broadcasting Services (OBS). Os atingidos receberam atendimento em um posto médico do Parque. Três deles foram liberados e outras quatro, duas mulheres e duas crianças, foram encaminhados ao hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, mas já foram liberadas, segundo a secretaria municipal de Saúde.

O objeto, grande e pesado, atingiu duas mulheres brasileiras, que receberam primeiros socorros ainda no local. Foram elas que, ao lado de duas crianças, que foram levadas ao hospital. As mulheres foram as únicas atingidas pela câmera. Outras cinco pessoas (incluindo as duas crianças) foram feridas pelo cabo de sustentação do aparelho, que percorre o Parque de ponta a ponta e se rompeu. 

De acordo com a secretaria municipal de saúde, a menina de 11 anos no hospital teve ferimentos na perna e a de oito anos, queimadura no pescoço. Já as duas adultas receberam um impacto da câmera na altura do peito, sofrendo lesão torácica, sendo que uma delas também ficou com um corte no rosto. As idades das adultas são 49 e 55 anos.

A cable camera apresentou defeitos e estava passando por manutenção da OBS, sem se movimentar. Para efetuar o reparo, os técnicos usavam um outro cabo, de apoio, para puxar o aparelho. Foi quando um dos dos cabos se soltou e provocou o acidente. 

Rodrigo de Souza e Silva, turista vindo do Paraná para acompanhar o evento, sofreu queimadura no ombro esquerdo ao ser atingido pelo cabo. Ele é um dos que já está liberado. “Na hora que percebi, já estava no chão”, relatou. Silva estava a caminho de um jogo de basquete e disse não ter tido auxílio para primeiros socorros. “Vim até aqui [o posto médico] sozinho, as pessoas que foram me indicando o caminho. Me deram medicação, fizeram um procedimento e agora me pediram para procurar um hospital”.

Membro da equipe britânica de ginástica artística, Chris Adams presenciou o acidente e relata ter ouvido gritos e um barulho “muito alto”. “Vi sangue no rosto deles”, contou. 

Um casal de namorados que almoçava na praça de alimentação próxima ao local, Tamara Henrique e Diego Nunes, também testemunhou o ocorrido. “Ouvimos um barulho muito forte, foi quando a gente viu o cabo descendo. Olhamos na direção correta e já estava uma correria. O cabo se rompeu, ficou caído por cima da galera, e a câmera veio a desabar”, disse o garoto. 

Duas brasileiras sofreram cortes na cabeça. No atendimento inicial, uma das atingidas pela câmera vestiu um colete cervical e deixou o local de maca, imobilizada. Havia sangue no lugar, inclusive no rosto de uma delas. As duas estavam conscientes. A área foi isolada pela organização, mas seguiu cercada por curiosos. 

Duas pessoas responsáveis pela empresa proprietária da câmera que caiu chegaram às 16h10 no hospital e conversaram com os conhecidos de uma das vítimas. As pessoas responsáveis pela câmera disseram ainda não saber o que causou o acidente. 

O Comitê Rio-2016 informou que não se pronunciará sobre o caso. A OBS soltou um comunicado explicando o que aconteceu por meio de nota.

“Por volta das 13h30, a corda que puxava a cable câmera do Parque Olímpico caiu. Neste momento, a OBS enviou funcionários para investigar a situação. Uma determinação foi feita para que a área fosse isolada para o reparo da corta que puxava a câmera. Neste momento, a câmera estava a 10 metros, suportada por duas ouras cordas guias independentes, cada uma com capacidade para suportar a câmera. Um guindaste foi solicitado para os técnicos chegarem ao local da câmera. Poucos minutos depois, os dois cabos se romperam e provocaram a queda da câmera de uma altura de 20 metros em uma área menor. A segurança da Rio-2016 e homens da Força Nacional se mobilizaram imediatamente e providenciaram assistência às vítimas. De acordo com os médicos, há sete vítimas com ferimentos leves que receberam atendimento. Uma investigação está em curso”. 

Reprodução/Globo

Câmera despencou e acabou ferindo duas pessoas

Fonte: BOL

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp