Connect with us

Esporte

Weverton comemora ida para seleção e garante: “Me sinto bem, preparado”

Publicado

on

Goleiro do Atlético-PR substitui Fernando Prass nos Jogos Olímpicos do Rio. Ele, que aguarda o nascimento da filha, comemora. “Momento magnifico, muito especial”, diz.

O goleiro Weverton, convocado por Micale para substituir Fernando Prass, garante estar preparado para defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.  O jogador do Atlético-PR junta-se ao grupo na manhã de segunda-feira e terá o desafio, junto com seus novos companheiros, de buscar o inédito ouro no futebol masculino. Ele, que será pai de uma menina, a Valentina, comemora o momento especial dentro e fora de campo.

– Sempre tive este sonho, mas isso nunca foi algo que tirava o meu sono. Sempre busquei, sempre fiz o meu melhor. Trabalhei para corrigir os meus defeitos, para aperfeiçoar as minhas qualidades. Eu me sinto bem, me sinto preparado. Tudo novo, um momento especial, com uma filha vindo, com a convocação. Estou vivendo um momento novo, um momento magnifico, muito especial. Tudo isso só vem para acrescentar. Uma mudança para o lado positivo e vamos lutar muito para conseguir este ouro inédito – falou ao GloboEsporte.com, por telefone, neste domingo.

Atlético-PR; JMalucelli Goleiro Weverton (Foto: Site oficial do Atlético-PR/Gustavo Oliveira)Weverton vai defender a seleção nos Jogos Olímpicos (Foto: Site oficial do Atlético-PR/Gustavo Oliveira)

Com Weverton no grupo, a seleção brasileira estreia nos Jogos Olímpicos contra a África do Sul, às 16h (horário de Brasília) de quinta-feira, no Mané Garrincha. Depois, ainda enfrenta Iraque (dia 7, domingo, às 22h, no Mané Garrincha) e a Dinamarca (dia 10, uma quarta-feira, às 22h, na Arena Fonte Nova) na primeira fase. O camisa 12 do Furacão comemorou este “momento único e incomparável” e projetou fazer uma “grande campanha” na competição.

No último teste para o torneio, a seleção venceu o Japão por 2 a 0 em amistoso realizado no sábado, no Serra Dourada. Já sem Fernando Prass, o Brasil contou com Uilson (reserva de Victor no Atlético-MG) no time titular e com Daniel Fuzato, do sub-20 do Palmeiras, no banco. Weverton não pôde ver o jogo ao vivo porque o Atlético-PR jogaria logo na sequência contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro, mas ele viu lances do jogo e rasgou elogios à equipe:

– Vi só os melhores momentos porque estávamos indo para o estádio na hora. É uma equipe muito boa, uma equipe que está querendo, uma equipe que está pronta e que tem tudo para conseguir este ouro inédito – afirmou o camisa 12, que não conseguiu evitar a derrota de um time misto do Atlético-PR para o Sport na noite de sábado, pela 17ª rodada do Brasileirão.

A convocação para a seleção brasileira é um sonho antigo de Weverton, que fala sobre isso, pelo menos, desde 2013. Ele quer agarrar a oportunidade e agradar Micale (e o técnico da Seleção principal, Tite) para receber novas oportunidades de vestir a amarelinha.

– É uma grande oportunidade para eu me firmar. Agora é focar no sonho do ouro inédito para o Brasil. É a hora de deixar a minha marca, de não deixar esta oportunidade passar. Conheço pouco o Uilson por não ter visto muito ele jogar. Mas, se está na seleção, é porque merece, é porque tem a confiança da comissão técnica. Vou fazer o meu melhor e espero ajudar – concluiu.

Confira também
Goleiro Weverton é convocado por Micale para a vaga de Fernando Prass
Líder e pegador de pênalti: Weverton realiza sonho antigo com convocação

Antes de chegar ao Atlético-PR, Weverton já tinha defendido Juventus-AC, Remo, Corinthians, Oeste, América-RN e Portuguesa. O contrato dele vai até maio de 2018.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp