Connect with us

Destaque

Usina de Jirau pede autorização para usar reservatório e acabar com seca que pode isolar o Acre

Publicado

on

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), proprietária da usina de Jirau, informou, por meio de ofício enviado á Agência Nacional de Águas (ANA), que pode acabar com a seca que assola o rio Madeira, na região da Ponta do Abunã, e afastar qualquer risco do estado do Acre ficar isolado devido a estiagem.

Documento obtido com exclusividade pelo ac24horas, narra pedido de autorização formulado pela ESBER para “ operar o reservatório da UHE Jirau de forma a obter o nível mínimo aproximado de 86 metros do rio Madeira em Abunã”, para regularizar a navegação das balsas que fazem a travessia de veículos entre Rondônia e Acre.

O documento foi protocolado no último dia 13 junto a ANA, assinado pelo diretor presidente da ESBR, Victor Paranhos, e encaminhado ao diretor presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo.

Nele, a ESBR esclarece o nível atual do manancial naquela localidade, dificulta a navegação das embarcações de grande porte.

“As baixas vazões observadas recentemente , que se aproximam das mínimas históricas para a atual ´época do ano, tem resultado em calados que dificultam a navegação das balsas responsáveis pela travessia do rio Madeira. Isso deverá vir a comprometer a acessibilidade ao estado do Acre, com risco de desabastecimento”, diz um trecho do documento.

Informa ainda o ofício, que a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), encaminhou reivindicação das empresas que operam as balsas para seja que “aumentada a cota mínima operacional do AHE para a cota de 86 metros, garantindo a regularização da operação das balsas”.

Ou seja, já existe pedido junto a usina de Jirau para que intervenha e acabe com a seca que castiga aquele trecho do rio Madeira.

Diante do cenário atual naquela área do rio Madeira, o Acre só fica isolado se as autoridades assim decidirem.

Na próxima segunda-feira (18), em Porto Velho, acontece uma reunião entre os representantes da ANA, DNIT, PRF, Defesa Civil de Rondônia, Acre e da ESBR.

Fonte: Ac24horas

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp