Connect with us

Esporte

Handebol: Brasil derruba o Chile, conquista o Pan e volta a dar as cartas nas Américas

Publicado

on

Após três derrotas seguidas em decisões contra a Argentina, seleção masculina de handebol leva a melhor sobre os chilenos e fica com o troféu antes da Olimpíada.

A hegemonia das Américas é novamente do Brasil. Derrotada nas três últimas finais de Pan-Americano para a Argentina, a seleção masculina do país voltou a conquistar o torneio neste domingo, em Buenos Aires, território hermano. Após bater os argentinos na semifinal, no sábado, desta vez a vítima foi o Chile, derrotado por 28 a 24 (15 a 12 no primeiro tempo) em decisão equilibrada e com fortes emoções nos últimos três minutos. Essa foi a oitava final seguida do Brasil em Pan-Americanos, mas em 2010, 2012 e 2014 o país havia ficado pelo caminho na decisão contra a Argentina.

– Acredito que nossa defesa está muito bem, muito sólida e compacta. Para mim foi tudo muito ótimo. Consegui jogar bem esse campeonato e estou muito feliz. Espero seguir treinando e evoluindo para fazer bem as coisas no Rio – disse Chiuffa, artilheiro do Brasil no Pan com 43 gols.

Brasil x Chile, Pan-Americano de handebol (Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)
Brasileiros com a taça de campões pan-americanos (Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

O torneio em Buenos Aires foi o último antes da Olimpíada, grande objetivo do Brasil em 2016. No sábado, após bater a Argentina, a seleção já havia assegurado vaga no Mundial masculino de 2017, que acontece na França. O Chile, vice-campeão, também se classificou. Argentina e Uruguai disputaram o terceiro lugar e a última vaga no Mundial, com vitória hermana. A campanha brasileira foi perfeita, sem nenhuma derrota em Buenos Aires.

– Acho que fizemos um bom campeonato. Talvez não tenhamos jogado tão bem na final. Tivemos alguns apuros no ataque, como também tivemos contra a Argentina. Isso possivelmente se deva ao fato de que tivemos partidas muito fáceis durante a fase de grupos, que não nos permitiu treinar situações de seis contra seis com mais fluidez. Também pode ser que tenhamos sentido um pouco a pressão, pois temos jogadores muito jovens, que em outros momentos não tiveram essa capacidade de finalização. Fomos merecedores do título. Ganhamos sete jogos que disputamos. Mostramos em todos eles que fomos superiores e estou contente com o grupo que fez um bom trabalho – elogiou o técnico Jordi Ribera.

Agora, a seleção brasileira volta suas atenções para a Olimpíada do Rio de Janeiro. O Brasil volta a disputar a competição após ficar fora de Londres 2012, quando os argentinos ficaram com a vaga do continente. O Brasil está no Grupo B, ao lado de Egito, Alemanha, Suécia, Eslovênia e Polônia. No outro grupo ficaram a França, atual bicampeã olímpica, Argentina, Catar, Tunísia, Croácia e Dinamarca.

VEJA A CAMPANHA BRASILEIRA

Primeira fase
Brasil 54 x 14 Paraguai
Brasil 38 x 24 Porto Rico
Brasil 42 x 10 Colômbia
Estados Unidos 15 x 40 Brasil
Brasil 40 x 15 Uruguai

Semifinal
Brasil 23 x 20 Argentina

Final
Brasil 28 x 24 Chile

 Fonte: Globoesporte
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp