Connect with us

Política

Vice presidente do Senado é gravado conspirando contra Lava Jato

Publicado

on

A possível posse do senador Jorge Viana (PT) na presidência do senado durante o período do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) já vem causando o furor de setores populares e da classe política brasileira.

Após o vazamento da informação de que o Procurador Geral da República Rodrigo Janot havia pedido ao STF a prisão do presidente do senado, Renan Calheiros (PMDB), grupos oposicionistas ligados ao Partido dos Trabalhadores dentro do senado passaram a cobrar a saída de Renan do comando da casa.

vianasJorge Viana é vice-presidente do senado, foi colocado pelo partido estrategicamente para defender os interesses da legenda nas negociações da mesa diretora.

Também investigado por denúncias de corrupção, recentemente mostrou toda sua repulsa pelo judiciário brasileiro ao pedir uma afronta das militâncias de esquerda contra autoridades que estão à frente da operação Lava Jato.

“…Se numa segunda-feira, por exemplo, reflitam sobre isso, ele chamar uma coletiva e comprar e estabelecer uma relação, um diálogo com seu MORO pela, ao vivo, MORO, PROMOTORES, DELEGADOS, dizendo que ele não aceita mais que ele persiga a família dele porque ele tá agindo fora da lei, os promotores fulano e ciclano estão agindo fora da lei, os delegados fulano e ciclano e quem age fora da lei é bandido e que se ele quiser agora vim prendê-lo, que venha, mas não venha prender minha mulher, prender meus netos, nem meus filhos.. E forçar a mão nele pra ver se ele tem coragem de prender por desacato a autoridade…”, falou o senador Jorge Viana, se referindo à ação que o ex-presidente Lula deveria tomar contra as investigações imputadas à ele.

Esse diálogo foi parte uma conversa entre Jorge Viana e o advogado de Lula, Roberto Teixeira, gravada em interceptação telefônica autorizada pela justiça.

O fato é que tanto o atual presidente do Senado Renan Calheiros e seu vice Jorge Viana, foram gravados em situação análogas, tentando estrategizar  meios de conter o avanço das investigações que podem prender centenas de criminosos e já desbaratinou diversos esquemas de corrupção em entidades públicas no Brasil.

Para a base aliada de Dilma, a liderança de Viana no Senado seria de vital importância na proposta de recoloca-la na cadeira de presidente, uma vez que o senador acreano já demonstrou durante grande parte de seu mandato a sua fidelidade irrestrita às lideranças do PT.

Senador discreto e da base “intelectual” do PT, Jorge Viana já vem perdendo força há bastante tempo em seu próprio domicilio eleitoral, o estado do Acre, onde graves problemas políticos, financeiros e administrativos, vão levando o estado á níveis de pobreza impressionantes, além da precariedade sanitária em quase todos os seus municípios.

Considerado a última esperança de salvar Dilma, Jorge Viana aguarda o desenrolar dos fatos e como Renan Calheiros irá reagir. O atual presidente ainda conta com o apoio da maioria de seus pares na casa.

Fonte: Rondoniaovivo.com

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp