Connect with us

Destaque

Cacaulândia: Menina de 8 anos é estuprada na quadra de esportes

Publicado

on

Mãe levou criança ao hospital após ela reclamar de dores nas partes íntimas.
A menina revelou à medica de plantão o abuso; suspeito não foi identificado.

Uma menina de 8 anos foi estuprada em uma quadra de esportes em Cacaulândia (RO), na região do Vale do Jamari.  A quadra fica ao lado de uma escola municipal, onde a vítima estuda. Segundo a Polícia Civil, a vítima havia acabado de participar de uma aula de educação física quando foi atacada, no início desta semana, por um homem ainda não identificado.

A mãe da menina relatou à polícia que a filha chegou em casa, após sair da quadra de esportes, tomou banho e foi dormir. Por volta das 22h de segunda-feira (30), a criança foi até o quarto da mãe e reclamou de dores na vagina. A mulher, sem ter conhecimento do ocorrido, passou talco nas partes íntimas da menina, suspeitando que a dor seria  provocada por assaduras. Na manhã de terça-feira (31), a mãe verificou que a filha sentia dores ao urinar e constatou a presença de sangue.

Ao ser questionada, inicialmente, a menina afirmou que nada teria ocorrido. Preocupada com o estado físico da filha, a mãe a levou para ser atendida no Hospital da Criança, em Ariquemes(RO). No hospital, a vítima revelou  à médica de plantão que teria sido estuprada.

A menina teria dito à médica que estava na quadra de esportes, onde havia participado de uma aula de educação física. Em certo momento, ficou sozinha, no local, quando um homem alto e magro a puxou pelo braço, tapou sua boca, tirou a roupa dela e a estuprou. A criança disse ainda, que tentou gritar, mas não conseguiu, e que o agressor somente a soltou quando ouviu o professor de educação física chamar por ela.

A menina também conta que correu e foi para a sala de aula sem dizer nada a ninguém. À polícia, a mãe da criança disse que a menina contou que o agressor estava na quadra, na hora da aula de educação física, e que teria visto o homem conversando com o professor.

Ao G1, a diretora da escola municipal, onde a menina estuda, Edileuza Silva Souza, contou que a criança assistiu às aulas normalmente no dia do fato, e que ficou sabendo do caso por meio de notícias na imprensa local.

Já a titular da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Josélia Ferreira dos Santos, classificou a denúncia como ‘chocante’, e adiantou que já foi aberta uma sindicância interna para apurar o ocorrido.  A secretária informou ainda, que as aulas na quadra de esportes foram suspensas temporariamente. “O caso é chocante,  por isso nos colocamos à disposição da polícia para colaborar com as investigações. Suspendemos as aulas no local, temporariamente, pois os pais dos alunos estão muito preocupados”, disse a secretária de educação do município.

O delegado Rodrigo Camargo da Delegacia da Mulher de Ariquemes informou que até o momento não tomou conhecimento do fato, mas que o caso foi registrado, e as investigações estão em andamento.

Fonte: G1

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp