Connect with us

Política

Vamos mandar embora o comunismo do Brasil’, diz Bolsonaro

Publicado

on

Em recado ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 29, que “em um curto espaço de tempo” irá “mandar embora o comunismo do Brasil”. A crítica indireta ao Executivo estadual, feita durante evento em Imperatriz (MA), vem após declarações públicas contra Dino, que marca forte oposição a Bolsonaro.

Na terça-feira, 27, o presidente disse a apoiadores que era preciso “tirar o PCdoB” do Maranhão.

Nós vamos, num curto espaço de tempo, mandar embora o comunismo do Brasil. Nós não aceitamos esse regime ditatorial onde o povo não tem vez. Nós somos a liberdade, nós somos aqueles que não têm medo da verdade”, declarou.

O presidente agradeceu pela recepção que recebeu dos maranhenses em sua visita ao Estado e disse que construirá um “novo Brasil” com o povo. “Temos uma preocupação enorme contra aqueles que querem roubar mais do que o nosso dinheiro, querem roubar nossa liberdade. Essa nossa bandeira sagrada jamais será turvada de vermelho”, disse.

No evento, o presidente destacou entregas de obras de infraestrutura do governo federal para a região. “Temos um dos menores orçamentos da história da República, mas nunca tivemos tantas obras, começadas ou concluídas. Nós não nos preocupamos de quem é a obra iniciada há 10, 20, 30, ou 40 anos e não concluída. Nós estamos concluindo obras. Obras que bem demonstram o carinho e respeito que temos com o dinheiro de vocês”, afirmou.

Bolsonaro enalteceu o trabalho desempenhado pela equipe de ministros e agradeceu a atuação de parlamentares do Estado, em especial, o senador Roberto Rocha (PSDB). Ao fim do discurso, voltou a lembrar sua defesa contra o comunismo: “Pode ter certeza, outras vezes viremos aqui. E, se Deus quiser, brevemente estaremos para comemorar a erradicação do comunismo em nosso Brasil”.

O chefe do Executivo participou da inauguração do Complexo Gastronômico da Culinária Popular de Imperatriz, o Panelódromo. Na chegada ao local, o presidente, sem máscara, cumprimentou uma multidão aglomerada. Ele ouviu gritos de apoio e palavras de “Fora Dino”, contra o governador do Estado.

O evento contou com a participação dos ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Fábio Faria (Comunicações), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Marinho ressaltou em sua fala que o governo se empenha em entregas de obras no Nordeste, destacado a retomada de mais 200 unidades habitacionais rurais no Maranhão. Fábio Faria anunciou novos projetos de conectividade para o Estado.

Fonte:Estadão

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp