Connect with us

Esporte

Classificado, Inter tem terceiro pior aproveitamento em sua história na Libertadores

Publicado

on

O Inter conseguiu atingir o objetivo e está nas oitavas de final da Libertadores. Porém, o desempenho deixou a desejar. Com oito pontos somados, o Colorado teve 44,4% de aproveitamento, o terceiro pior de sua história nesta fase da competição.

Como somente uma combinação de resultados tirava a classificação colorada, Eduardo Coudet optou em preservar grande parte dos titulares diante da já eliminada Universidad Católica, no Chile.

Heitor, Zé Gabriel, Rodrigo Lindoso, Edenilson, Marcos Guilherme, Thiago Galhardo e Abel Hernández começaram no banco. Patrick foi liberado para acompanhar o nascimento da filha.

De virada, o Inter perdeu por 2 a 1 e passou em segundo lugar do Grupo E. Após seis jogos, somou oito pontos em 18 disputados, o que dá um aproveitamento de 44,4%. Ficou com a terceira pior campanha entre os 16 classificados do torneio. Se tivesse mantido a vitória, combinada ao empate do Grêmio com o América de Cali, acabaria em primeiro.

Gostaríamos de ter classificado em primeiro, mas futebol é assim. Ficaram os melhores. Então, vamos nos preparar da melhor maneira para as oitavas de final. Obviamente, fazer o primeiro jogo em casa bom – comentou D’Alessandro.

Só que o desempenho, comparado ao próprio Inter, deixa a desejar. O rendimento na fase de grupos foi o pior desde 1993 e o terceiro pior em 13 participações na Libertadores.

Em 2007, quando defendia o primeiro título, caiu justamente na fase de grupos, mas somou 10 pontos. Cinco anos depois, passou às oitavas com os mesmos oito e a última posição entre os 16. Entretanto, teve saldo de quatro gols positivos, contra dois em 2020.

“Objetivo principal era classificar e classificamos. Uma chave difícil, complicada, mas o objetivo foi cumprido” (D’Alessandro)

 

Apesar dos números, Coudet se escuda na vaga e no rendimento no Brasileirão. O Inter está em primeiro na tabela da Série A com 34 pontos (igual ao Flamengo, mas à frente pelo saldo de gols).

– Está descontente a torcida pela atuação… Por classificar às oitavas de final da Libertadores e ser primeiro do Brasileirão? Certamente está descontente quem fez a pergunta. Não sei se todos os torcedores estão descontentes – afirmou o treinador.

Inter nas fases de grupos da Libertadores

 

  • 1976 – 7 pontos * – 58,3% de aproveitamento
  • 1977 – 9 pontos * – 75% de aproveitamento
  • 1980 – 9 pontos * – 75% de aproveitamento
  • 1989 – 5 pontos * – 41,6% de aproveitamento
  • 1993 – 3 pontos * – 25% de aproveitamento
  • 2006 – 14 pontos – 77,7% de aproveitamento
  • 2007 – 10 pontos – 55,5% de aproveitamento
  • 2010 – 12 pontos – 66,6% de aproveitamento
  • 2011 – 13 pontos – 72,2% de aproveitamento
  • 2012 – 8 pontos (saldo +4) – 44,4% de aproveitamento
  • 2015 – 13 pontos – 72,2% de aproveitamento
  • 2019 – 14 pontos – 77,7% de aproveitamento
  • 2020 – 8 pontos (saldo +2) – 44,4% de aproveitamento

 

* vitória valia 2 pontos

Nesta sexta, o Inter conhecerá o adversário das oitavas de final em sorteio na sede da Conmebol, no Paraguai, a partir das 12h. O ge fará acompanhamento em tempo real.

No domingo, volta a concentrar forças no Brasileirão. Às 18h15, o Colorado recebe o Flamengo pelo jogo da liderança. Ambos somam 34 pontos, mas os gaúchos estão em primeiro pelo saldo de gols (15 a 11).

Ge

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp