Connect with us

Destaque

FUNDO PROLEITE: PRODUTORES DE VALE DO ANARI SÃO BENEFICIADOS COM O TRANSPORTE GRATUITO DE CALCÁRIO

Published

on

Na manhã deste sábado (01) o Prefeito Municipal de Vale do Anari Anildo Alberton, o Secretário de Agricultura Municipal Izuir Alberton e o Gerente Local da EMATER-RO André Cortês realizou a entrega de 75 toneladas de calcário para dois produtores rurais de Leite, o Senhor Leomar Cipriano linha MP 10, km 4 e o Wendell Araújo Lima, na linha C 66, km 20, totalizando 150 toneladas nos últimos dias.

O intuito é de melhorar a condição física e química do solo, melhorar o termo nutritivo do capim, aumento da quantidade de animais por hectare. Os Produtores tem investido na correção da acidez do solo, assim melhora a qualidade do capim que é fornecido ao rebanho, aumentando assim sua produção na propriedade.

Os produtores rurais juntamente com toda a Equipe Local da EMATER-RO agradeceram ao Governador do Estado Marcos Rocha, Secretário de Agricultura Evandro Padrovani, Diretor Presidente da EMATER-RO Luciano Brandão e o Prefeito Municipal Anildo Alberton pelo Apoio dado aos produtores rurais de Leite pelo Fundo de Investimento e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Pro-Leite), que visa diminui o custo para a recuperação das áreas degradadas, visto que o Produto que o Produtor produz é barato, considerando o custo benefício para a produção.

De acordo com o gerente da EMATER-RO de Vale do Anari cerca de 72 produtores já fizeram a inscrição e comunica que o prazo para fazer a inscrição do Transporte gratuito de Calcário pelo Programa Fundo Pro-Leite é até o dia 05 de agosto de 2020.

IMPORTÂNCIA DO CALCÁRIO

O estado de Rondônia apresenta a maioria dos solos com elevado nível de acidez, os quais necessitam de calagem para corrigir a acidez, fornecendo cálcio e magnésio, para tornar mais eficiente a ação dos fertilizantes e estimular a atividade microbiana. As limitações provocadas pela concentração de alumínio trocável (acidez), aliadas à outras práticas de cultivo, contribuem para o baixo rendimento das lavouras e das pastagens e, consequentemente, o aumento da produção de leite. 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp