Política

Facebook decide manter vídeo viral que Bolsonaro toma cloroquina

Na transmissão publicada nesta terça-feira no Facebook, Bolsonaro diz que estava tomando sua terceira dose de hidroxicloroquina

Três meses depois de apagar um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro criticava o isolamento social e dizia a apoiadores que a “hidroxicloroquina está dando certo em tudo o que é lugar”, o Facebook decidiu manter no ar o vídeo viral em que o presidente toma um comprimido do medicamento e diz que “com toda certeza, está dando certo”.

À BBC News Brasil, um porta-voz da rede social informou nesta quarta-feira que “o Facebook não vai remover a publicação”.

A reportagem apurou que a avaliação interna é de que o presidente compartilha sua experiência pessoal com o medicamento e que uma eventual remoção poderia ser entendida como “censura”.

Também contou a favor da publicação o fato de Bolsonaro afirmar que “sabemos que nenhum (remédio) tem sua eficácia cientificamente comprovada”.

“Mas (sou) mais uma pessoa que está dando certo. Então, eu confio na hidroxicloroquina. E você?”, diz o presidente ao encerrar o vídeo.

Menos de 24 horas depois de sua publicação, o vídeo já é o terceiro mais visto na página de Jair Bolsonaro no Facebook em 2020, com 5 milhões de visualizações até a publicação desta reportagem.

Vídeo apagado

Em 30 de março, a BBC News Brasil revelou que o Facebook havia decidido apagar um dos vídeos publicados pelo presidente na véspera. A empresa declarou que a postagem de Bolsonaro violava as regras de uso da plataforma por potencialmente “colocar as pessoas em maior risco de transmitir covid-19”.

Na época, um porta-voz da rede social confirmou que o Facebook e o Instagram optaram por excluir o vídeo em que o presidente conversava com um vendedor ambulante em Taguatinga, no Distrito Federal, argumentando que a empresa remove conteúdos “que violem nossos Padrões da Comunidade, que não permitem desinformação que possa causar danos reais às pessoas”.

Na gravação apagada, Bolsonaro dizia: “Eles querem trabalhar. é o que eu tenho falado desde o começo”, em defesa do fim do isolamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde em meio à pandemia do coronavírus.

Bolsonaro prosseguia: “Aquele remédio lá, hidroxicloroquina, está dando certo em tudo o que é lugar”.

Na época, além do Facebook e do Instagram, o Twitter e o YouTube também optaram por excluir as publicações do presidente brasileiro.

Fonte:BBC BRASIL

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp