Connect with us

Destaque

Opinião Jogo Aberto – 27 de Setembro de 2019

Publicado

on

As obviedades na posse do novo PGR e a burrocracia judiciária.

Augusto Aras tomou posse nesta quinta-feira (26) no Palácio do Planalto depois de ter sido aprovado no plenário do Senado por 68 a 10 em votação secreta. Na Comissão de Constituição e Justiça o placar foi 23 a 3. Ele fez um discurso, assim como o presidente Jair Bolsonaro.

Ambos disseram coisas óbvias. O presidente disse que espera um Ministério Público altivo, independente e responsável. Aras respondeu que o trabalho dele vai ser pautado pela legalidade, que ele não vai gerir porque isso é função do Executivo, não vai legislar porque isso é do Legislativo e não vai julgar porque isso é para o Judiciário, em respeito à dignidade da pessoa humana.

Só obviedades no discurso dos dois.

O novo procurador-geral da República foi mais um que falou que está preocupado com as minorias. Todo mundo está preocupado com as minorias e se despreocupa com a maioria.

Só que a maioria é a maioria, então, precisa ter mais preocupação. Aliás, democracia é a vontade da maioria. Fica aqui o registro.

A Justiça Federal em Mato Grosso do Sul está com uma “burrocracia” enorme no caso de Cesare Battisti. Como vocês sabem, ele estava fugindo para a Bolívia e foi pego com 6 mil dólares e 1,3 mil euros.

Ele está sendo processado pela Justiça Federal por crime contra a Fazenda pública. Agora, a Justiça Federal está pedindo para ele ser interrogado na Itália. Isso mobiliza um certo departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional.

Gente, o homem está condenado até a morte. Nós vamos acrescentar mais alguma prisão post mortem para ele? Por que a gente está gastando tempo, energia e dinheiro com algo que não vai acrescentar mais nada? Ele foi devolvido para a Itália para cumprir pena por ter matado três ou quatro pessoas.

Isso é inútil. Nós deveríamos gastar toda essa energia, dinheiro e tempo para investigar e condenar os nossos corruptos brasileiros. Não é verdade?

Criticamos outro dia a derrubada dos vetos na Lei de Abuso de Autoridade, que virou uma lei de abuso da criminalidade por constranger juízes, promotores e policiais. Criticamos também a criação desse fundo eleitoral para dar dinheiro para políticos.

Agora temos que elogiar o que eles aprovaram: uma Emenda Constitucional que vai permitir um mega leilão que vai dar mais de R$ 100 bilhões porque a Petrobras recebeu uma parte do campo petrolífero oceânico de cinco mil barris. Eles descobriram depois que são 15 mil barris. Por esse motivo, o excedente vai ser leiloado e vai sobrar dinheiro para municípios e estados. Fizeram para essa cessão onerosa uma alteração na Constituição que já está promulgada.

O Legislativo também manteve o veto da cobrança de bagagem aérea porque é justo. Bolsonaro vetou bagagem de graça porque cobraria a bagagem de todo mundo – mesmo quem não tem bagagem. Nesse modelo antigo, todo mundo paga o preço da passagem com ou sem bagagem. Agora quem tiver bagagem vai pagar o preço. Quem não tiver bagagem, vai pagar menos passagem.

Aprovaram também a criação de uma empresa estatal, que vai ficar vinculada à Aeronáutica, a NAV. Depois da privatização dos aeroportos, a Infraero ficou meio perdidona. Então, ela vai sair da Infraero e vai administrar as torres dos aeroportos, o controle aéreo, as telecomunicações e a meteorologia. Ou seja, ela vai dar a segurança necessária nos céus brasileiros.

A criação da empresa é uma Medida Provisória da época de Temer que foi impulsionada pelo governo Bolsonaro. Inclusive, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) foi o relator.

Com isso, a gente chega à seguinte conclusão: quando se trata de interesses pessoais dos legisladores, como o fundo eleitoral e a Lei de Abuso de Autoridade, os interesses pessoais estão acima dos nacionais. Já quando não há interesses pessoais, os interesses nacionais estão na frente.”

Por Marco Aurélio

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp