Connect with us

agronegócios

Açúcar: preços fecham mistos nas bolsas internacionais na última sessão de junho

Publicado

on

Na sexta-feira (29), na bolsa de Nova York, os contratos futuros do açúcar para julho/18 foram firmados a 11.86 centavos de dólar por libra-peso, queda de 2 pontos em relação ao dia anterior. Os contratos para outubro/18 não sofreram variação, mantendo o valor de 12.25 cts/lb

 

Em Londres, os contratos futuros para agosto/18 desvalorizaram 70 cents de dólar, firmados em US$ 349,50 a tonelada e, os papéis para outubro/18 foram negociados a US$ 343,90 a tonelada, baixa de 10 cents de dólar.

De acordo com a Archer Consulting, o primeiro semestre fechou com o açúcar líder absoluto de queda das commodities: 19.53%; soja (óleo e grão) caíram 12% e 10%, respectivamente. Café, derreteu 9%. Petróleo subiu 23% e gasolina 20%. Suco de laranja e trigo, 18% e 17% a mais, respectivamente.

Em artigo, Arnaldo Luiz Corrêa, o diretor da Archer Consulting, acredita em um futuro próspero para o açúcar. “As estimativas de moagem no Centro-Sul sinalizam volume abaixo de 540 milhões de toneladas de cana. Acreditamos que caso esse número se consolide, mantidos os níveis atuais do preço do petróleo no mercado internacional, do mix do açúcar ao redor de 40% e da redução da posição dos fundos, podemos ver o mercado tendo um desempenho surpreendente. Nos últimos dez anos, apurando o fechamento diário do açúcar em NY, o preço médio mais alto dos três últimos meses do ano foi superior à média de preços do junho em 80% das vezes”.

Mercado interno

Pelo indicador Cepea/Esalq da USP, a saca de 50 kg do açúcar cristal fechou em R$ 58,40, recuo de 0,24%. No entanto, no acumulado do mês, a valorização foi de 4,79%.

fonte:  www.portaldoagronegocio.com.br

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp