Connect with us

Copa do mundo 2018

Grupos G e H fecham 1ª fase da Copa e definem oitavas nesta quinta

Publicado

on

Ambos os times europeus jogam já classificados para as oitavas de final, quando pegarão quem sair com vida do equilibrado Grupo H: Japão, Senegal ou Colômbia

 

Inglaterra e Bélgica fazem um duelo de diversas igualdades nesta quinta (28), mas de olho no horizonte da tabela da Copa. Nele, pode surgir à frente o Brasil. Ambos os times europeus jogam já classificados para as oitavas de final, quando pegarão quem sair com vida do equilibrado Grupo H: Japão, Senegal ou Colômbia. Com quatro pontos, o Japão encara a já eliminada Polônia, em Volgogrado, às 11h. Em Samara, no mesmo horário, a bola rola para Senegal, também com quatro pontos, e Colômbia, que tem três.

Passando, e considerando uma eventual vitória brasileira nas oitavas de final contra o México, o primeiro colocado do grupo irá encarar o time do técnico Tite. Já quem ficar na segunda posição enfrentará a Suíça ou a surpreendente Suécia, que liderou o grupo em que a Alemanha acabou humilhada, em último lugar.

“Estou surpreso [com a queda alemã]. Mas você não pode tomar nada por certo na Copa do Mundo, veja os jogos também da Argentina, Portugal, Espanha… Uma decisão por jogo”, disse Gareth Southgate, o técnico inglês.

Treinador dos belgas, o espanhol Roberto Martínez vai na mesma linha: “A Copa do Mundo mostra que as margens são muito estreitas”. A partida, que será a última a ser disputada em Kaliningrado na Copa, é um caso raro de igualdades. Ambas as seleções estão empatadas em pontos (6), saldo de gols (6) e gols marcados (8).

Sobra, para o desempate, o critério do fair play, e aí a Inglaterra está à frente com dois cartões amarelos recebidos, contra quatro da Bélgica. Questionado se isso afetaria a conduta de seus atletas em campo, Southgate brincou com o fato de que a tabela, que previa a Alemanha também à frente, ter mudado. Depois, disse: “Vamos jogar para ganhar.”

Mais do que isso, os dois times entram em campo para tentar firmar suas reputações. Vieram de atuações arrasadoras na primeira fase, mas contra adversários menores -Tunísia e o estreante em Mundiais Panamá.

“Talvez não fossem os times mais fortes, mas veja o que aconteceu com a Alemanha. Nós não somos o principal favorito, mas temos oportunidade de vencer”, afirmou o zagueiro da Bélgica Thomas Vermaelen. Esse é o primeiro jogo de gente grande, por assim dizer, das seleções na Rússia.

Ventilada como uma das favoritas para a vencer a Copa do Mundo, a Bélgica quer superar o estigma de ter uma ótima geração de jogadores que ainda não obteve resultados expressivos. Pode ter alguma dificuldade nesta quarta, porque dois de seus principais atletas, o meia-atacante Hazard e o goleador Lukaku, autor de quatro gols na Copa do Mundo, deverão ser poupados.

Já a Inglaterra, que desde o campeonato que venceu em 1966 surge de tempos em tempos com alguma seleção moderadamente interessante, aposta suas fichas no time renovado de Southgate. À frente da seleção inglesa, o artilheiro até aqui da Copa, Harry Kane, de apenas 24 anos. Ele fez cinco gols jogando só 154 minutos em dois jogos, e a expectativa é de que entre como titular na partida contra os belgas.

É preciso ressaltar que três dos gols foram marcados contra os panamenhos, em algo que se assemelhou mais a um jogo-treino que acabou em 6 a 1 para os ingleses. Logo, a pressão por resultado é ainda maior, não menos porque o jovem atacante é o capitão do time.

Com cinco gols, Kane se aproxima da lenda Gary Lineker, que em 1986 marcou seis na Copa do Mundo do México e, na edição seguinte, na Itália, mais quatro, sendo o maior goleador inglês em Mundiais da história. Southgate tenta minimizar o bom momento inglês. “Nós estamos felizes, mas temos muito a melhorar”.

INGLATERRA

Pickford; Phil Jones, John Stones, Gary Cahill; Alexander-Arnold, Loftus-Cheek, Dier, Lingard, Danny Rose; Marcus Rashford, Harry Kane. T.: Gareth Southgate

BÉLGICA

Courtois; Vermaelen, Boyata, Alderweireld; Dembele, Fellaini, Chadli, Thorgan Hazard, Tielemans; Eden Hazard, Batshuayi. T.: Roberto Martínez

Local: Kaliningrado

Horário: 15h desta quinta

Juiz: Damir Skomina (SVL)

Fonte: noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp