Connect with us

Futebol

Grêmio sofre com logística para o Mundial e reclama de pouco tempo

Publicado

on

Tricolor estreia no Mundial de Clubes em 12 de dezembro.

 

Grêmio fechou sua logística para disputa do Mundial de Clubes, mas não foi fácil. Menos de uma semana depois de conquistar a Libertadores, o tricolor penou para conseguir passagem e acabou sendo obrigado a dividir o elenco em dois na viagem de ida até os Emirados Árabes, sede do torneio organizado pela Fifa. O curto intervalo entre a decisão contra o Lanús-ARG e o embarque rumo ao Oriente Médio desagradou os dirigentes.

Além da corrida maluca contra o tempo por conta da logística, o Grêmio também terá prejuízo na preparação. O time se reapresentou na última segunda-feira (4) após folga geral de quatro dias.

O recesso foi concedido ao elenco como um prêmio pelo título diante do Lanús, na última quarta-feira, em pleno solo argentino. O embarque da delegação foi agendado para quarta-feira, 11h15 (Brasília).

“Vamos sair daqui com uma logística muito dificultada, embora tenhamos nos preparado de maneira discreta. Estávamos com problemas sérios nesse âmbito, mas estamos resolvendo. Isso não pode acontecer, é preciso ter mais prazo. Poderiam deixar um mês de intervalo”, disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

A viagem de ida envolve um trecho com voo fretado de Porto Alegre a São Paulo. Na capital paulista, o grupo de jogadores e comissão técnica se dividem em dois. Um terceiro voo ainda levará integrantes da direção e familiares. Na Europa, os voos do Grêmio passarão por Londres e Frankfurt antes de chegar a Dubai.

No retorno, em 17 de dezembro, serão três voos com possibilidade de se tornarem quatro. Além das escalas em Londres e Frankfurt também haverá conexão em Madri.

“Tivemos muitos problemas com reservas em voos. Vamos sair em três grupos e voltar em outros três”, citou Bolzan. “A parte de hotel e logística lá está resolvida. O que deu desgaste foram os bloqueios de passagens, mas de resto tudo deu certo”, completou.

O Grêmio estreia no Mundial de Clubes em 12 de dezembro, na cidade de Al-Ain. O local acomodará o tricolor por seis dias e será palco do duelo contra Wydad Casablanca-MAR ou Pachuca-MEX. O vencedor dessa semifinal pode pegar o Real Madrid na decisão, dia 16.

Fonte: noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp