Connect with us

Futebol

Ex-Real e City afirma que já cogitou se matar

Publicado

on

Ex-Real e City afirma que já cogitou se matar.

Ex-astro do Real Madrid e do Manchester City, o atacante Adebayor deu uma entrevista reveladora ao site SoFoot, em que contou ter considerado o suicídio, após problemas pessoais.

Com atritos familiares, o togolês afirmou que muitos só o procuravam para pedir dinheiro:

“É difícil ter uma família que não se importa com o trabalho que tiveste para sair da miséria. Muitas vezes, mudo o meu número de telemóvel para que não me telefonem. Não me ligam para saber novidades, mas sim para pedir dinheiro. Quando me lesionei no Tottenham, ligaram-me a pedir dinheiro para pagar a escola do miúdo. Nem me perguntaram como estava”, afirmou o atleta. “O meu nome perdura e tenho-o desde sempre. Quantas vezes pensei em suicidar-me…”, acrescentou Adebayor, que, aos 33 anos, afirmou que abandonará a carreira no máximo aos 37.

Com passagens também pelo Mônaco, Tottenham e Crystal Palace, o atacante ajudou sua seleção a se classificar para a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006. Quatro anos depois, Adebayor passou por um dos momentos mais difíceis de sua carreira. A caminho da Copa Africana de Nações, em Angola, um ônibus da seleção togolesa sofreu um atentado. O motorista morreu e dois jogadores ficaram feridos. Ele abandonou a equipe após o incidente, mas regressou pouco mais de um ano depois. Atualmente o atacante atua pelo Basaksehir, da Turquia.

Fonte: noticias ao minuto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp