Connect with us

Entretenimento

Fábio Porchat tem mal-estar ao cheirar tabaco em pó na TV

Publicado

on

Apresentador tossiu, ficou levemente tonto e seus olhos lacrimejaram após experimentar substância indígena durante uma entrevista.

o Porchat passou por maus bocados ao experimentar uma espécie de tabaco durante entrevista com Richard Rasmussen, no “Programa do Porchat”, exibido na madrugada desta quarta-feira (26). Já negociando a renovação do seu contrato, o entrevistador da TV Record não se sentiu bem após cheirar o Rapé Kaxinawa a convite do biólogo. Logo no início do bate-papo, Richard explicou como a substância é utilizada entre os indígenas.

“Isso aqui é um Rapé Kaxinawa. Esse aqui é Caxinawa. É um tabaco um pouco mais preparado. Nós vamos cheirar ele. Você vai poder assoprar em mim e eu vou poder assoprar em você. Isso aqui é muito usado em rituais indígenas. É muito comum durante o dia e a noite. Os povos amazônicos gostam”, disse o biólogo. Ao notar que o seu convidado teve uma forte reação ao cheirar o tabaco, Porchat ficou receoso.

Mesmo assim, Richard continuou incentivando o apresentador. “Isso aqui dá uma energia, uma despertada. Tem que fazer nos dois (orifícios nasais), porque se não, eles (índios) dizem que seca o nariz”, alertou. Porém, o apresentador manteve-se indeciso em fazer o ritual. “Eu acho que era melhor ter colocado em mim primeiro, porque agora eu já não quero fazer isso. O Richard que faz isso diariamente está assim: ‘meu Deus, por que?'”, ironizou.

“Não sei descrever”, comentou o entrevistador

Porchat acabou cedendo e o biólogo assoprou em sua narina direita com o auxílio de uma espécie de vara. E as reações não foram boas: o entrevistador levou a mão na cabeça ao se sentir desnorteado, tossiu e os olhos lacrimejaram. “Eu não sei nem descrever”, disparou o apresentador. Ao ter o tabaco assoprado por Richard na narina esquerda, o entrevistador sentiu novamente os efeitos, tremeu e levantou as mãos.

“Por que que eu estou fazendo isso? O que que aconteceu agora? Isso aqui é um ritual de suicídio?”, questionou Porchat. “Isso na verdade é o dia a dia deles”, respondeu o biólogo. “Parece que eu cheirei um mendigo e ele está dentro do meu nariz, explodiu. Ih, está me dando um negócio. Dá um negócio? Eu estou um pouco aéreo”, reclamou o namorado da diretora Nataly Mega, com quem costuma passear por shoppings do Rio de Janeiro.

“Não, não é que dá um negócio, você fica mais assim”, ponderou Richard. “Rapaz, bateu uma larica agora, eu não sei se eu tenho condições de seguir o programa”, finalizou o humorista antes de ficar um pouco tonto ao se levantar.

(Por Guilherme Guidorizzi )

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp