DestaqueInternacional

Em meio a crise, hospital na Venezuela deixa bebês em caixas de papelão

Fotos que mostram o estado crítico pelo qual passa um hospital na Venezuela chamou a atenção na internet. As imagens mostram que o local teve que improvisar uma parte da maternidade, e mantém bebês deitados em caixas de papelão.

Segundo Manuel Ferreira, diretor de direitos humanos do grupo Democratic Unity Roundtable, as imagens foram feitas no hospital Domingo Guzman Lander, no estado de Anzoategui.

A Venezuela passa por uma série crise econômica que causa efeitos na administração da saúde no país. Cerca de 13 mil médicos do país, 20% do total, imigraram nos últimos quatro anos por causa de salários baixos e desemprego.

O diretor da área social do país, Carlos Rotondaro, disse que “[o hospital] não justifica as ações tomadas por um profissional sem a autorização da gerência”. “Nossos hospitais têm que lidar com centenas de pacientes apesar do esforço da mídia em manipular a situação”, analisou o diretor.

Em junho, um grupo de profissionais médicos foi até o parlamento nacional para falar sobre a falta de remédios no país. Cristian Pino, diretor da Universidade Hospitalar de Los Andes, disse ao presidente, Nicolas Maduro: “Devemos trabalhar juntos e deixar de lado nossas diferenças para ajudar a família venezuelana”.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar
Fechar
WhatsApp Fale via: WhatsApp