Connect with us

Olimpíadas Rio 2016

Boxe: Andreia Bandeira é eliminada, mas sai aplaudida e agradece pelo apoio

Publicado

on

A pugilista peso médio (até 75 kg) Andreia Bandeira perdeu para a chinesa Qian Li na sua segunda luta na Rio-2016 e foi eliminada do torneio olímpico nas quartas de final, nesta quarta-feira (17). Apesar da derrota, que aconteceu por decisão unânime dos juízes (triplo 40-36), depois de quatro rounds, a atleta foi aplaudida pela torcida e deixou o ringue agradecendo ao público pelo apoio recebido até o último minuto. 

“Valeu a todos, obrigado mesmo”, disse, em entrevista ao SporTV. E acrescentou, na sequência: “Estou feliz, não é fácil para ninguém ser atleta no Brasil. Foco e determinação que me fizeram chegar aqui. Lutei bem melhor do que na minha primeira apresentação, mas pequei no terceiro round”.

Bandeira, que havia estreado com triunfo sobre a panamenha Atheyna Bylon, teria assegurado pelo menos medalha de bronze ao Brasil, caso tivesse avançado – na modalidade, os derrotados na semi dividem o 3º lugar. Qian Li, número três do ranking de boxe amador, na próxima fase, às 15h45 de sexta-feira (19), enfrentará a holandesa Nouchka Fontijn.

Mesmo debaixo de gritos de “uh, vai morrer”, originado no MMA e que se tornou marca da luta dos brasileiros na Arena Riocentro, a chinesa começou o embate mais agressiva, usando a envergadura superior para manter distância e atingir a rival de longe. O primeiro round foi equilibrado, mas os melhores golpes foram da visitante. Os três árbitros marcaram 10-9 para a Li. 

A desvantagem de Andreia cresceu no segundo assalto, apesar de seu desempenho ter melhorado: os juízes anotaram mais um 10-9 para a atleta da China. A situação da pugilista brasileira, já complicada, piorou no começo do terceiro período. Na tentativa de reagir, tentou invadir a guarda adversária na base da força, mas Li a atingiu em contragolpes. 

No quarto round, só um nocaute salvaria Andreia. A chinesa, então com triplo 30-27 na conta, controlou o duelo e levou a melhor sem sustos. Bandeira até conectou alguns jabs, mas os ataques contundentes foram todos de Li. 

Com o resultado de Andreia, o Brasil encerra participação no boxe da Rio-2016. O ponto alto se deu com Robson Conceição (peso leve, até 60 kg), que conquistou um ouro inédito ao país. 

Fonte: BOL

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp