Connect with us

Política

Ex-prefeito do PT, preso por suspeita de corrupção, é candidato em Porto Velho

Publicado

on

Roberto Eduardo Sobrinho registrou chapa “puro sangue” e legenda lançou ainda 28 nomes à vereador

O ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Eduardo Sobrinho (PT) registrou sua chapa no Tribunal Regional Eleitoral nesta sexta-feira, 12. Ele, que já foi prefeito por duas vezes, foi afastado pela justiça no final de seu segundo mandato por denúncias de corrupção e foi preso em janeiro de 2015 em operação do CAEX, do Ministério Público do Estado, quer voltar ao cargo.

E ele já começou a campanha atacando o atual prefeito, Mauro Nazif, que segundo Roberto, “perdeu milhões de reais em convênios deixados por ele, que deveriam ter sido usados para ajudar a população da capital”.

O vice de Roberto é Antônio Ferreira, presidente do diretório municipal do partido. Para vereador, os petistas lançaram chapa única com 28 nomes.

 

Prisão

Segundo investigações da polícia, em conjunto com equipes do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público de Rondônia, entre 2005 e 2012 a Prefeitura de Porto Velho desviou dezenas de milhões através de uma organização criminosa que se instalou no órgão, chefiada pelo então prefeito Roberto Sobrinho (PT).

 

Um dos braços da organização era liderado por Sobrinho e o ex-vereador Mário Sérgio que, na época, ocupava o cargo de presidente da Emdur. O esquema desviava verbas da prefeitura em licitações fraudadas, que eram desviadas para empresas fantasmas criadas em nome de laranjas.  Os contratos eram superfaturados e em muitos casos os serviços eram pagos sem terem sido executados.

Fonte: PAINEL POLÍTICO

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direitos Reservados © 2020 De Fato Rondônia, Por Anderson Leviski

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp Fale via: WhatsApp